Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.345,82
    +1.857,94 (+1,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.376,89
    -141,41 (-0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,59
    +0,31 (+0,28%)
     
  • OURO

    1.852,10
    +10,00 (+0,54%)
     
  • BTC-USD

    29.369,45
    -576,52 (-1,93%)
     
  • CMC Crypto 200

    658,56
    -16,31 (-2,42%)
     
  • S&P500

    3.973,75
    +72,39 (+1,86%)
     
  • DOW JONES

    31.880,24
    +618,34 (+1,98%)
     
  • FTSE

    7.513,44
    +123,46 (+1,67%)
     
  • HANG SENG

    20.470,06
    -247,18 (-1,19%)
     
  • NIKKEI

    27.001,52
    +262,49 (+0,98%)
     
  • NASDAQ

    12.056,00
    +215,25 (+1,82%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1462
    -0,0066 (-0,13%)
     

Gerdau tem queda no lucro trimestral

Por Gabriel Araujo

SÃO PAULO (Reuters) - A Gerdau divulgou nesta quinta-feira lucro líquido de primeiro trimestre 17% menor em relação aos três meses anteriores, a 2,94 bilhões de reais, com resultados mais fracos no Brasil compensando melhoria na América do Norte.

O resultado ficou ligeiramente abaixo dos 3,09 bilhões de reais esperados, em média, por analistas, segundo dados da Refinitiv.

As ações da Gerdau exibiam alta de 0,3%, às 10h22 (horário de Brasília), enquanto o Ibovespa tinha desvalorização de 1,28%.

A margem Ebitda doméstica da Gerdau caiu 7,2 pontos percentuais em relação ao trimestre anterior para 24,3%. A empresa mencionou no balanço que as vendas ficaram quase estáveis ​​em um nível alto, mas o cenário geral apresentou desafios à medida que as taxas de juros aumentam.

"As perspectivas para 2022 são de crescimento de receita e queda de volume na distribuição e no varejo. Projetamos estabilidade para o volume de vendas de aço", afirmou a Gerdau no balanço.

A queda nas margens brasileiras acabou minimizando bons resultados na América do Norte, que haviam sido destaque do resultado do quarto trimestre do ano passado. A margem Ebitda na América do Norte cresceu 5,6 pontos percentuais, para 27,4%, disse.

As vendas totais de aço da Gerdau no primeiro trimestre totalizaram 3,06 milhões de toneladas, queda de 1% em relação ao ano anterior e de 3% em relação aos três meses anteriores. A produção aumentou 4%, sequencialmente, para 3,4 milhões de toneladas.

O lucro ajustado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) caiu 3% em relação ao trimestre anterior, para 5,83 bilhões de reais.

(Por Gabriel Araujo)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos