Mercado abrirá em 1 h 24 min
  • BOVESPA

    113.707,76
    +195,38 (+0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.734,04
    -67,64 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,90
    +0,79 (+0,90%)
     
  • OURO

    1.783,90
    +7,20 (+0,41%)
     
  • BTC-USD

    23.501,43
    -268,29 (-1,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    558,70
    -14,11 (-2,46%)
     
  • S&P500

    4.274,04
    -31,16 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    33.980,32
    -171,69 (-0,50%)
     
  • FTSE

    7.513,48
    -2,27 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.509,50
    +16,25 (+0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2667
    +0,0075 (+0,14%)
     

Gerando Falcões projeta mudança no perfil da captação de recursos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A ONG Gerando Falcões concluiu seu relatório anual de 2021 com captação de R$ 118 milhões no ano passado, e as projeções para este ano indicam R$ 133 milhões.

O ano passado foi marcado por mais arrecadações em campanha e menos captação de parceiros e pessoas físicas, com R$ 43 milhões e R$ 75, respectivamente. Para este ano, a entidade espera inverter esse cenário, com R$ 104 milhões em captação e R$ 29 milhões em campanha.

O montante arrecadado no ano passado foi convertido em cerca de 956 mil cestas básicas digitais.

A ONG pretende ainda formar, em 2022, cerca de 10 mil jovens entre 14 e 29 anos no programa Jovem Falcão. No ano passado, foram formados 1.596 jovens.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos