Mercado fechado

Geração 'millenial' está migrando para 25 cidades dos EUA em busca de bons empregos e mais dinheiro

Getty Images

RESUMO DA NOTÍCIA

  • A geração millenial ainda favorece grandes áreas metropolitanas, como Nova York e São Francisco, mas é cada vez mais atraída por cidades como Raleigh e Louisville, segundo estudo.

  • Levantamento classificou as maiores cidades em expansão da América para a geração do milênio com base nos 50 maiores metrôs.

  • Essas cidades tiveram salários mais altos, uma diminuição no desemprego e uma população milenar crescente.

Um relatório da MagnifyMoney revelou que a geração millenial nos Estados Unidos tem sido cada vez mais atraída por cidades como Raleigh e Louisville, em vez de grandes áreas metropolitanas como Nova York e São Francisco.

A informação foi divulgada pelo site Business Insider, segundo o qual a cidade de Nova York, embora não reine mais quando o assunto são as principais cidades em que os millennials estão se instalando, ainda é uma cidade em expansão para a geração.

Leia também

Outras grandes áreas metropolitanas, como São Francisco e a capital federal, Washington, são outros pontos de acesso desse público, assim como outras cidades emergentes, entre as quais Raleigh, Carolina do Norte e Louisville, Kentucky, ambas mais populares que DC e Nova York.

O relatório da MagnifyMoney classificou as maiores cidades em expansão da América para a geração usando dados do Censo dos EUA. A empresa analisou o crescimento nas 50 maiores áreas metropolitanas entre os anos de 2011 e 2016 para quatro métricas: população, força de trabalho, emprego e salários médios.

Nas três primeiras métricas, as análises consideraram as pessoas de 20 a 29 anos, enquanto a quarta se baseou nas nascidas entre 1981 e 1991. Limitando o estudo a esse subconjunto de millennials, que tinham aproximadamente entre 20 e 30 anos em 2011, isso evita a inclusão de estatísticas de trabalho de estudantes do ensino médio.

Segundo o site, cada categoria foi pontuada em relação a outros metrôs, com a observação de mudanças positivas e negativas na área. A maior mudança positiva alcançou 100, com exceção da taxa de desemprego, que foi revertida. Para calcular a pontuação final, as pontuações métricas foram somadas e divididas por quatro.

A seguir, confira as 25 maiores cidades do boom millenial que tiveram salários mais altos, uma diminuição no desemprego e uma população milenar crescente, segundo o relatório.

25. Salt Lake City, Utah

24. Memphis, Tennessee

23. New York City, New York

22. Houston, Texas

21. Detroit, Michigan

20. Indianapolis, Indiana

19. Kansas City, Missouri

18. Washington, DC

17. Columbus, Ohio

16. Boston, Massachusetts

15. Minneapolis, Minnesota

14. Louisville, Kentucky

13. Atlanta, Georgia

12. Charlotte, North Carolina

11. New Orleans, Louisiana

10. Dallas, Texas

9. Oklahoma City, Oklahoma

8. Seattle, Washington

7. Portland, Oregon

6. Raleigh, North Carolina

5. San Jose, California

4. Nashville, Tennessee

3. Austin, Texas

2. Denver, Colorado

1. San Francisco, California