Mercado fechado
  • BOVESPA

    130.207,96
    +766,93 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.029,54
    -256,92 (-0,50%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,26
    +0,38 (+0,54%)
     
  • OURO

    1.868,30
    +2,40 (+0,13%)
     
  • BTC-USD

    40.377,73
    +1.326,86 (+3,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.011,77
    +42,93 (+4,43%)
     
  • S&P500

    4.255,15
    +7,71 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.393,75
    -85,85 (-0,25%)
     
  • FTSE

    7.146,68
    +12,62 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.413,45
    +251,65 (+0,86%)
     
  • NASDAQ

    14.148,50
    +23,75 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1437
    +0,0122 (+0,20%)
     

Correção: Geração Z está gastando mais do que em pré-pandemia

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Ok, boomer, você pode ter dinheiro, mas não o está gastando.

Consumidores mais jovens, embora tenham economizado menos do que os americanos mais velhos, são os que mais gastam enquanto a economia dos EUA se recupera. A geração Y e os membros da geração Z estão gastando ainda mais do que antes da pandemia à medida que a vacinação avança ao redor do mundo, disse o CEO da American Express, Steve Squeri, em uma teleconferência com investidores nesta sexta-feira.

“Presumimos que havia uma demanda reprimida -- não apenas por viagens, mas também por bens de consumo”, disse Squeri. Quando se olha para millennials e para a geração Z, atualmente ambos estão gastando 125% em relação aos níveis anteriores à Covid, em 2019.

Isso ajudou a reviver os gastos como um todo nos cartões da AmEx que, no entanto, permanecem menores nesse trimestre em relação ao nível pré-pandemia. A Covid-19 forçou a empresa, conhecida por cartões que oferecem vantagens especiais para viagens e jantares, a reformular seus negócios e concentrar suas recompensas em coisas como rede sem fio e serviços de streaming. À medida que a vacinação avança, a AmEx se beneficia, pois os consumidores podem voltar a viajar e comer fora.

Leia mais sobre as vantagens da Amex para clientes do cartão

Embora os consumidores tenham voltado a fazer viagens aéreas, as empresas ainda precisam colocar seus funcionários de volta à estrada, disse Squeri. A AmEx atualmente acredita que as viagens corporativas não retornarão aos níveis anteriores à pandemia até 2023, segundo ele.

A empresa está avaliando se pode oferecer cartões de débito em mercados fora da China, disse Squeri. Ainda assim, advertiu, a empresa está cautelosa depois que um experimento oferecendo cartões de débito pré-pagos para pessoas sem conta bancária terminou com a divisão sendo desmontada menos de uma década após seu início.

“Realmente, não funcionou para nós -- aqueles que não tinham conta em banco não eram nossos clientes, e o mercado pré-pago não era nosso foco, e aprendemos isso”, disse Squeri. “Mas existe algo entre o nosso cartão de crédito diário e o cartão pré-pago? E isso pode ser potencialmente um cartão de débito. Isso tudo precisa ser resolvido.”

(Empresa corrigiu dados de variação dos gastos dos consumidores no terceiro e quarto parágrafos)

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.