Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.676,77
    +1.158,64 (+2,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

GeForce Now chegará à América Latina no final deste ano

Felipe Demartini
·2 minuto de leitura

O GeForce Now está de olho na América Latina e deve chegar a este lado do mundo até o final deste ano. Este foi o anúncio feito pela Abya, empresa de cloud gaming que será a parceira da Nvidia neste lançamento, que ainda não teve uma data específica divulgada para o Brasil, mas promete atender mais de 100 milhões de jogadores em todo o território e funcionar em “quase qualquer dispositivo” — o nosso país é citado nominalmente, ao lado de Chile, Paraguai, Uruguai e Argentina como territórios que fazem parte dos planos iniciais.

Um dos objetivos principais da parceria é continuar garantindo o acesso dos usuários aos grandes jogos do setor, com direito a tecnologias recentes como ray tracing, que melhora a qualidade dos reflexos e iluminação, e inteligência artificial. A ideia é usar sistemas desse tipo para otimizar a conexão e a entrega da melhor qualidade possível, de acordo com a situação da rede utilizada e do aparelho usado para jogar.

Acima de tudo, a Abya fala em ser uma alternativa no momento econômico complicado enfrentado pela região. Na divulgação, a empresa comenta que o preço de equipamentos de ponta para jogos, na América Latina, se tornou proibitivo, o que faz com que os valores de entrada mais modestos de uma solução de jogos na nuvem, assim como a menor exigência de hardware, tornem essa uma solução interessante.

Além da própria Abya, que já é do ramo do cloud gaming, a chegada do GeForce Now à América Latina também deve contar com o apoio de empresas locais de telecomunicações que não foram divulgadas. Em cada país, a ideia é utilizar a infraestrutura existente, garantir o acesso pelos clientes e melhorar a latência, além de dar opções de pagamento na própria conta — o que também pode significar a chegada de planos combinados, que deem acesso à plataforma para quem já é cliente.

Apesar de cinco países, incluindo o Brasil, estarem nos planos iniciais de chegada do GeForce Now, a ideia da Abya é atender toda a América Latina com a plataforma. Além disso, a empresa quer se posicionar não apenas no setor de alta performance, entregando jogos também para os mercados médio e casual, com soluções completas e voltadas para todos os tipos de públicos.

Como dito, por enquanto, nada de informações mais precisas ou uma data de lançamento definida. Mas a notícia é boa, principalmente, em um país onde as soluções de cloud gaming são vistas como impossíveis — existe a estrutura e, da forma que serviços como o xCloud já provaram, basta um suporte local adequado para que a alternativa seja, no mínimo, viável.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: