Mercado abrirá em 5 mins
  • BOVESPA

    95.368,76
    -4.236,78 (-4,25%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    37.393,71
    -607,60 (-1,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    35,94
    -1,45 (-3,88%)
     
  • OURO

    1.876,40
    -2,80 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    13.117,86
    -45,54 (-0,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    259,26
    -13,43 (-4,92%)
     
  • S&P500

    3.271,03
    -119,65 (-3,53%)
     
  • DOW JONES

    26.519,95
    -943,24 (-3,43%)
     
  • FTSE

    5.576,11
    -6,69 (-0,12%)
     
  • HANG SENG

    24.586,60
    -122,20 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    23.331,94
    -86,57 (-0,37%)
     
  • NASDAQ

    11.188,75
    +56,00 (+0,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7117
    -0,0227 (-0,34%)
     

GE planeja deixar negócio de termelétricas a carvão

·1 minuto de leitura

(Reuters) - A General Electric afirmou nesta segunda-feira que planeja deixar de construir usinas termelétricas movidas a carvão, à medida que o conglomerado industrial norte-americano passa a focar mais em fontes renováveis de geração de energia.

A companhia disse que a saída do negócio pode incluir desinvestimentos, fechamentos de instalações e cortes de empregos, enquanto trabalha com seus clientes para concluir obrigações existentes.

No passado, a GE já havia dito que passaria a focar menos em combustíveis fósseis e mais em energias renováveis, refletindo a crescente aceitação de fontes limpas pelas companhias elétricas.

"A saída da GE da construção de novas termelétricas movidas a carvão --após décadas como líder nesse segmento-- é um reconhecimento de que o crescimento do setor de energia não será mais pelo carvão", disse Kathy Hipple, analista financeira do Institute for Energy Economics and Financial Analysis.

"O mercado vai acabar recompensando a GE por deixar novas construções a carvão."

A medida também torna o portfólio da GE mais focado em ESG (sigla em inglês para práticas ambientais, sociais e de governança), de acordo com Nigel Coe, analista da Wolfe Research. O negócio em carvão e vapor é relativamente pequeno -- responde por cerca de 1 bilhão de dólares da receita anual do grupo.

As ações da companhia, que também produz turbinas de aeronaves, caíam cerca de 9% nesta segunda-feira, mas analistas disseram que o movimento não estava relacionado ao anúncio.

(Reportagem de Ankit Ajmera e Rachit Vats, em Bangalore)