Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,44 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,75 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,74
    -1,49 (-1,83%)
     
  • OURO

    1.668,30
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    19.260,27
    -69,97 (-0,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,49
    +0,06 (+0,01%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,10 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.222,83
    +56,96 (+0,33%)
     
  • NIKKEI

    25.937,21
    -484,84 (-1,83%)
     
  • NASDAQ

    11.058,20
    -170,00 (-1,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3079
    +0,0099 (+0,19%)
     

GCCA: Indústria de cimento e concreto intensifica esforços de captação, uso e armazenamento de carbono (CCUS) para acelerar a descarbonização

Importante cooperação de indústrias / governos em CCUS anunciada no Foro Global de Ação de Energia Limpa (GCEAF) em Pittsburgh, EUA

  • A Associação Global de Cimento e Concreto e a CCUS Ministerial de Energia Limpa anunciam cooperação para ajudar a escalonar a implantação de captação, uso e armazenamento de carbono

  • Estruturas de política, desenvolvimento de infraestrutura de transporte e armazenamento de CO2, centros estratégicos e incentivos financeiros estão no centro do acordo, para garantir a implantação em escala industrial a longo prazo da CCUS pela indústria de cimento e concreto

  • O acordo de cooperação também irá promover de modo mais amplo o papel que a CCUS tem na entrega segura e eficaz de um mundo com carbono zero líquido

PITTSBURGH, September 23, 2022--(BUSINESS WIRE)--A CCUS Ministerial de Energia Limpa (CEM CCUS) e a Associação Global de Cimento e Concreto (GCCA) anunciaram hoje, no primeiro Fórum Global de Ação de Energia Limpa (GCEAF), um acordo que irá ajudar a ampliar a implantação de captação, uso e armazenamento de carbono (CCUS) em toda a indústria de cimento e concreto, em um movimento para estimular a inovação, investimento e aumentar o ritmo dos esforços de descarbonização.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20220923005365/pt/

Major CCUS industry and government collaboration announced at Global Clean Energy Action Forum (GCEAF) in Pittsburgh, USA. Left to right: Thomas Guillot, CEO of the Global Cement and Concrete Association, Henriette Nesheim, Assistant Director General, Norwegian Ministry of Petroleum and Energy – and CEM CCUS Initiative Co-Lead from Norway, Brad Crabtree, Assistant Secretary, Fossil Energy and Carbon Management, US Department of Energy (Photo: Business Wire)

O ponto central do acordo será explorar incentivos, estruturas de política e soluções financeiras a nível mundial que possam viabilizar projetos da CCUS em escala industrial nos próximos dez anos. As duas organizações irão trabalhar juntas garantir a implantação a longo prazo da CCUS, além de 2030, mediante políticas e desenvolvimento tecnológico.

O acordo estabelece o papel que a CCUS pode ter na entrega segura e eficaz de um futuro de carbono zero líquido, facilitando a identificação e o mapeamento de potenciais projetos da CCUS do setor de cimento. Ele irá explorar as necessidades de infraestrutura de transporte e armazenamento envolvidas na integração de projetos da CCUS de cimento em centros estratégicos de transporte e armazenamento da CCUS. Também irá ajudar a promover parcerias de projetos e levar à aceleração de projetos nas economias em desenvolvimento.

Thomas Guillot, diretor executivo da Associação Global de Cimento e Concreto, disse: "O cimento é o ingrediente vital do concreto, o material feito pelo homem mais utilizado no mundo. É a espinha dorsal do mundo moderno. A indústria está se esforçando para inovar em todas as fases do ciclo de vida do concreto. Vemos a captação de carbono como uma alavanca vital para a indústria mundial do cimento alcançar sua meta ambiciosa de concreto zero líquido até 2050.

"Estamos começando a ver os primeiros projetos da CCUS já em surgimento. Mapeamos 35 projetos anunciados e em curso em todo o mundo, sendo que até 100 projetos adicionais também estão em preparação entre nossas empresas associadas que operam ao redor do mundo."

O Sr. Guillot acrescentou: "Este é um bom progresso, mas não podemos cumprir nossa missão de descarbonização sozinhos. A CCUS é uma tecnologia facilitadora fundamental, sendo uma área crucial para cooperação, a fim de garantir que a política governamental, a infraestrutura de habilitação e o investimento mais amplo estejam em vigor. É por isto que a parceria com a Iniciativa da CCUS Ministerial de Energia Limpa é tão importante, pois ajuda a desbloquear e acelerar ainda mais o progresso e implantação."

Henriette Nesheim, Diretora Geral Adjunta do Ministério Norueguês do Petróleo e Energia - e Colíder da Iniciativa da CEM CCUS da Noruega, disse: "Esta é uma grande oportunidade de trabalhar em conjunto com um setor de vital importância. Na Noruega, já estamos construindo nosso primeiro projeto de cimento-CCS em Brevik e estamos na expectativa de compartilhar a experiência com outras pessoas."

Brad Crabtree, Secretário Adjunto de Gestão de Energia Fóssil e Carbono do Departamento de Energia dos EUA, disse: "Alcançar nossas ambiciosas metas climáticas requer a descarbonização de várias indústrias pesadas, incluindo a produção de cimento. Nos EUA, com o apoio do Congresso, estamos atualmente financiando projetos para desenvolver tecnologias de captação de carbono em cimento e outros importantes setores industriais que são essenciais à vida moderna, visando ajudar a atingir emissões líquidas zero em toda a economia até 2050, bem como manter e criar empregos industriais bem remunerados. O governo dos EUA deseja impulsionar o progresso nesta área, junto com nossas parcerias na Iniciativa da CEM CCUS e na Associação Global de Cimento e Concreto."

Para alcançar estes objetivos, ambas as partes concordaram com a organização de seminários de especialistas, incluindo membros da CEM CCUS e GCCA, bem como partes interessadas e parcerias relevantes, incluindo a Iniciativa de Descarbonização Profunda da Indústria CEM (IDDI). Ambas as partes também irão produzir relatórios conjuntos e organizar eventos públicos delineando o progresso em oportunidades de implementação de projetos da CCUS em centros estratégicos.

O acordo foi anunciado em um evento liderado pela GCCA e CEM CCUS no Fórum Global de Ação de Energia Limpa, com foco no desafio e oportunidade para a CCUS como uma importante alavanca de descarbonização para o setor mundial de cimento e concreto. Isto se alinha com um pilar central do Roteiro de Carbono Zero Líquido até 2050 da GCCA, lançado no ano passado, no qual seus membros se comprometeram com a implantação de pelo menos dez projetos da CCUS em escala industrial até 2030.

No evento, a indústria resumiu os principais desafios para acelerar a implantação da CCUS e delineou os fatores determinantes cruciais para aumentar sua implantação e criar um futuro concreto mais ecológico. Estes fatores incluem políticas de suporte e financiamento, progresso de compras públicas e infraestrutura de CO2, bem como opções de armazenamento ao lado de centros estratégicos.

- Fim -

Notas aos editores:

Os palestrantes do evento liderado pela GCCA e CEM CCUS no Fórum Global de Ação de Energia Limpa incluíram:

  • Henriette Nesheim, Diretora Geral Adjunta do Ministério Norueguês do Petróleo e Energia - e Colíder da Iniciativa da CEM CCUS da Noruega

  • Dan Dorner, Chefe do Secretariado da CEM

  • Thomas Guillot, diretor executivo da Associação Global de Cimento e Concreto

Grupo de palestrantes:

  • Chris Ward, diretor executivo da Lehigh Hanson Cement

  • Bjorn Otto Sverdrup, ex-presidente comercial da OGCI

  • Tareq Emtairah, diretor da UNIDO

  • Brad Crabtree, Secretário Adjunto de Gestão de Energia Fóssil e Carbono do Departamento de Energia dos EUA

  • Khalid Abuleif, Negociador-Chefe do Clima da Arábia Saudita

  • Moderador: Juho Lipponen, CEM CCUS

Sobre a GCCA

Lançada em janeiro de 2018, a Associação Global de Cimento e Concreto (GCCA) se dedica a desenvolver e fortalecer a contribuição do setor à construção sustentável. A GCCA visa promover a inovação em toda a cadeia de valor da construção em cooperação com associações do setor, bem como arquitetos, engenheiros e inovadores. A associação demonstra como as soluções de concreto podem satisfazer os desafios internacionais de construção e metas de desenvolvimento sustentável, ao mesmo tempo em que apresenta liderança industrial responsável na fabricação e uso de cimento e concreto. Ela complementa e respalda o trabalho das associações a níveis nacional e regional.

Sobre a CEM CCUS

A Iniciativa da CCUS Ministerial de Energia Limpa é um grupo de 14 países membros que uniram forças para acelerar a CCUS em conjunto. Todos os países da CEM CCUS desenvolvem programas abrangentes da CCUS, com a intenção de descarbonizar todos os setores industriais relevantes. O objetivo da Iniciativa é acelerar a CCUS como uma opção viável de redução de CO2, facilitar a difusão de conhecimento sobre tecnologias, regulamentos e políticas, além de levar a parcerias estratégicas para acelerar o investimento a curto e longo prazos em CCUS. Como plataforma orientada à ação, a Imitativa não realiza análises, mas serve para reunir governos, indústrias e setores financeiros e de investimentos.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20220923005365/pt/

Contacts

As consultas da mídia devem ser direcionadas a:
GCCA@BCW-global.com