Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    +45,90 (+0,04%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -270,13 (-0,56%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    60.565,24
    +1.912,33 (+3,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +45,20 (+3,80%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,03 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    +30,43 (+0,44%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    +24,00 (+0,08%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +37,26 (+0,13%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,0998 (+1,50%)
     

Gboard volta às raízes com fonte original do Google em nova atualização

Igor Almenara
·2 minuto de leitura

O Google testa o retorno de uma conhecida fonte entre os usuários do Gboard. Sem alarde, a companhia resgatou a Google Sans para as letras e símbolos que compõem o teclado virtual, que chega gradativamente para todos os celulares Android com o aplicativo como método padrão de entrada.

Não é a primeira vez que a Google Sans dá as caras no Gboard. Desde setembro, usuários do teclado relatam que a plataforma abandonou o Roboto pelo novo estilo, igualmente sem aviso, e a mudança foi se disseminando cada vez mais ao longo dos meses.

Google Sans em caixa alta (esq.) e caixa baixa (dir.). (Imagem: Igor Almenara/Canaltech)
Google Sans em caixa alta (esq.) e caixa baixa (dir.). (Imagem: Igor Almenara/Canaltech)

Os relatos partem de comunidades no Reddit e correspondem a uma alteração da versão 10.4 do aplicativo. Ainda assim, não são todos os usuários que estão com o design repaginado, visto que a mudança parece ser engatilhada por autorização dos servidores do Google.

Vai e vem

Anteriormente, Roboto e Google Sans coexistiam como alternativas para o teclado virtual da gigante. Em julho de 2020, o Beta do Android 11 introduziu a opção de personalização de fonte, junto da avançada personalização de temas do teclado — que permitia a alteração do plano de fundo, retirada das bordas das teclas e mais. Em uma breve inspeção, a opção para substituir a fonte novamente pela Roboto não parece estar disponível, portanto sua presença deve ser universal em algum momento.

Para quem não conhece, a Google Sans é uma adaptação inspirada na Open Sans. Essa criação do Google é popular dentro dos produtos da companhia — como seu app de busca e o YouTube. O Gboard, por sua vez, utilizava a popular Roboto, fugindo do padrão adotado pelo ecossistema.

Se ainda não chegou no seu aparelho, tenha paciência. A única alternativa que pode acelerar a chegada da Google Sans ao seu teclado virtual é assegurar que o Gboard está instalado em sua versão mais recente. Assim que isso for confirmado, resta aguardar para que os servidores selecionem o seu aparelho aleatoriamente para que experimente a nova fonte.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: