Mercado fechará em 5 h 4 min
  • BOVESPA

    109.786,32
    +384,91 (+0,35%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.799,46
    -434,91 (-0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    75,84
    -1,09 (-1,42%)
     
  • OURO

    1.790,60
    +9,30 (+0,52%)
     
  • BTC-USD

    17.010,68
    -237,86 (-1,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    401,24
    -9,98 (-2,43%)
     
  • S&P500

    3.998,84
    -72,86 (-1,79%)
     
  • DOW JONES

    33.947,10
    -482,78 (-1,40%)
     
  • FTSE

    7.535,50
    -32,04 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    19.441,18
    -77,11 (-0,40%)
     
  • NIKKEI

    27.885,87
    +65,47 (+0,24%)
     
  • NASDAQ

    11.821,00
    +15,25 (+0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5281
    -0,0053 (-0,10%)
     

Gato sem órgãos genitais surpreende cientistas no Reino Unido

Um gato de apenas 15 semanas chamou a atenção da comunidade científica do Reino Unido, por simplesmente não possuir genitálias (nem externas, nem internas). A princípio, os especialistas da instituição de caridade que ficou com ele — a Cats Protection — acreditaram se tratar de uma fêmea, por isso atribuíram o nome de Hope. Depois de uma investigação mais aprofundada, notaram a ausência de órgão reprodutor.

“Fizemos um procedimento para procurar órgãos sexuais, mas não há nada aparente por dentro ou por fora. Existe uma possibilidade de algum tecido ovariano ectópico se esconder internamente, mas achamos que isso é extremamente improvável”, declarou Fiona Brockbank, diretora veterinária de campo sênior da Cats Protection, em comunicado.

A equipe passou um tempo monitorando de perto o felino para garantir que esteja crescendo normalmente e seja capaz de fazer xixi e cocô sem problemas. Levando em consideração a raridade do caso, os especialistas não sabem como e se a situação pode prejudicar Hope a longo prazo. Vale dizer que o bichano é um filhote saudável e brincalhão.

Hope, gato que nasceu sem genitália (Imagem: Reprodução/Cats Protection)
Hope, gato que nasceu sem genitália (Imagem: Reprodução/Cats Protection)

Os responsáveis pela Cats Protection afirmam que o caso é tão raro que não existe uma denominação comumente usada oficialmente para essa condição, então a comunidade usa o termo "agenesia de órgãos sexuais". Agenesia é a falta ou falha de desenvolvimento em relação aos órgãos do corpo.

O gato sem genitália foi transferido para a filial de Tyneside, onde foi adotado por um membro da equipe de atendimento e recebeu um novo nome: Beans.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: