Mercado fechado

Gastos com construção nos EUA sobem a máxima recorde em janeiro

WASHINGTON (Reuters) - Os gastos com construção nos Estados Unidos aumentaram à maior taxa em quase dois anos em janeiro, mas as notícias otimistas provavelmente serão ofuscadas pelos temores do mercado financeiro de que o rápido crescimento do coronavírus possa levar a economia à recessão.

O Departamento de Comércio dos EUA informou nesta segunda-feira que os gastos com construção cresceram 1,8%, para um recorde de 1,369 trilhão de dólares, com aumento dos investimentos em projetos públicos e privados.

Economistas consultados pela Reuters previam que os gastos com construção aumentariam 0,6% em janeiro.

Na base anual, os gastos subiram 6,8%.

Os dados de dezembro foram revisados para melhor, passando a mostrar alta de 0,2%, ao invés de queda relatada anteriormente de 0,2%.

(Por Lucia Mutikani)