Gastos com alimentação aumentam e inflação acelera na segunda semana de dezembro

SÃO PAULO – A inflação medida pelo IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor Semanal) acelerou e encerrou a segunda semana de dezembro em 0,73%. O resultado é 0,10 ponto percentual maior que o registrado na semana anterior, terminada no dia 07 de dezembro, que foi de 0,63%.

O índice, calculado pela FGV (Fundação Getulio Vargas) e divulgado nesta segunda-feira (17), mostrou que cinco das oito classes de despesas componentes do IPCS apresentaram resultados maiores em suas taxas de variação, com destaque para o grupo Alimentação, que passou de 0,86% para 1,23%.

De acordo com a FGV, o resultado do grupo reflete o comportamento dos itens hortaliças e legumes (de -4,51% para 0,64%), carnes bovinas (0,59% para 1,22%) e bebidas não alcoólicas (0,87% para 1,26%).

Outros grupos
Além do grupo Alimentação, contribuíram para a aceleração da inflação na semana, as seguintes classes de despesas: Despesas Diversas (0,61% para 0,86%), Transportes (0,09% para 0,15%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,43% para 0,49%) e Comunicação (0,03% para 0,04%).

O resultados destes grupos foram influenciados pelos itens: cigarros (1,29% para 2,07%), gasolina (-0,25% para -0,16%), artigos de higiene e cuidados pessoal (0,06% para 0,25%) e mensalidade para internet (-2,26% para -1,43%), respectivamente.

Em contrapartida, os grupos Habitação e Educação, Leitura e Recreação registraram resultados contrários em suas taxas de variação, enquanto Vestuário repetiu o resultado da semana anterior, conforme é possível observar na tabela a seguir:

Grupo

07/12/2012
(em %)

15/12/2012
(em %)

Variação
(em ponto percentual)

Alimentação 0,86 1,23 +0,37
Habitação 0,77 0,74 -0,03
Vestuário 0,90 0,90 0,00
Saúde e Cuidados Pessoais 0,43 0,49 +0,06
Educação, Leitura e Recreação 1,21 1,18 +0,03
Transportes 0,09 0,15 +0,06
Despesas Diversas 0,61
0,86 +0,25
Comunicação 0,03 0,04 +0,01
Carregando...