Mercado fechará em 4 h 14 min

Gasolina pode ficar 25% mais cara até o final do ano, atingindo os R$ 5,80

A gasolina pode ficar até 25% mais cara no Brasil nos próximos meses. (Pixabay)

Atingindo picos de valor nos últimos meses, a gasolina pode ficar ainda mais cara até o final do ano. De acordo com a revista Veja, estimativas apontam para uma elevação de até 25% no valor do combustível, considerando que o barril custe até US$ 100 e os repasses automáticos ao consumidor. Nesse cenário, o preço médio do litro da gasolina pode atingir os R$ 5,80.

Entenda

Nas últimas semanas, o mercado internacional tem registrado grandes aumentos no preço do combustível devido à decisão da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) de manter a produção de seus associados, sem nenhum aumento. Com a oferta estagnada e a demanda crescendo, principalmente em países como os Estados Unidos e a China, os estoques ficam reduzidos. Com maior demanda e menor oferta, o valor de referência global do petróleo, do tipo Brent, passou os US$ 80 por barril. E a expectativa é de que o valor aumente ainda mais.

Como isso afeta meu bolso?

Com o objetivo de “dar maior liberdade e margem de ação à área comercial” à empresa e “maior aderência dos preços do mercado doméstico ao mercado internacional no curto prazo”, a Petrobras anunciou em julho do ano passado uma nova política de reajustes quase diários nos preços dos combustíveis. Com a desvalorização do real ante o dólar, a gasolina ficou mais cara e o consumidor viu o combustível encarecer 50% em apenas um ano.

Assim, com o repasse automático ao consumidor e puxada pela alta no preço do barril, a gasolina pode disparar no país.