Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.197,82
    +967,70 (+0,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.845,83
    -200,75 (-0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,28
    +0,52 (+0,59%)
     
  • OURO

    1.731,60
    +10,80 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    20.343,66
    +147,21 (+0,73%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,07
    +3,66 (+0,80%)
     
  • S&P500

    3.783,28
    -7,65 (-0,20%)
     
  • DOW JONES

    30.273,87
    -42,45 (-0,14%)
     
  • FTSE

    7.052,62
    -33,84 (-0,48%)
     
  • HANG SENG

    18.087,97
    +1.008,46 (+5,90%)
     
  • NIKKEI

    27.273,41
    +152,88 (+0,56%)
     
  • NASDAQ

    11.724,25
    +100,50 (+0,86%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1285
    -0,0077 (-0,15%)
     

Gasolina de SP é a mais barata do Brasil; veja o ranking

Preço do combustível baixou cerca de 5,4% em todo o país após redução do ICMS (Getty Images)
Preço do combustível baixou cerca de 5,4% em todo o país após redução do ICMS

(Getty Images)

  • SP é o estado com a gasolina e o etanol mais baratos do Brasil;

  • Gasolina caiu 8,99% desde a redução da alíquota do ICMS;

  • Preço mais caro está no Piauí.

São Paulo é o estado que vende o litro da gasolina mais barato em todo o Brasil, custando em média R$ 6,36 nos primeiros dias de julho. O valor corresponde a uma queda de 8,99% desde que a alíquota do ICMS foi reduzida, medida que fez com que os preços recuassem 5,46% nas bombas do país e alcançassem média de R$ 7,15.

A média mais alta de preços da gasolina continua sendo a do Piauí, vendida a R$ 7,82. As informações são do Índice de Preços Ticket Log (IPTL), que comparou a média de preços entre junho e começo de julho dentro de uma base com 21 mil postos credenciados.

“O IPTL identificou que todos os Estados brasileiros registraram recuos no preço da gasolina neste início de mês, que variaram de 1,91%, a exemplo da Paraíba, e chegaram a 14,24%, como é o caso de Goiás”, disse, ao Estadão, Douglas Pina, diretor-geral de Mainstream da Divisão de Frota e Mobilidade da Edenred Brasil.

O etanol também teve queda expressiva, especialmente no Mato Grosso, onde o combustível variou de R$ 5,03 para R$ 4,49 (- 10,72%). Ainda assim, os preços mais baixos estão em São Paulo, com média de R$ 4,36. O litro mais alto está no Pará, comercializado a R$ 6,74.

Segundo Pina, o etanol é o mais vantajoso para os motoristas de São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí e Paraná. As informações são do Estadão.

Ranking de preços em julho

Gasolina

  • São Paulo - R$ 6,364

  • Goiás - R$ 6,491

  • Santa Catarina - R$ 6,606

  • Amapá - R$ 6,693

  • Rio Grande do Sul - R$ 6,697

  • Paraná - R$ 6,728

  • Distrito Federal - R$ 6,797

  • Mato Grosso do Sul - R$ 6,971

  • Mato Grosso - R$ 7,038

  • Amazonas - R$ 7,070

  • Espírito Santo - R$ 7,115

  • Paraíba - R$ 7,131

  • Pernambuco - R$ 7,199

  • Roraima - R$ 7,227

  • Rondônia - R$ 7,254

  • Alagoas - R$ 7,304

  • Maranhão - R$ 7,337

  • Minas Gerais - R$ 7,341

  • Rio de Janeiro - R$ 7,375

  • Tocantins - R$ 7,386

  • Rio Grande do Norte - R$ 7,411

  • Acre - R$ 7,445

  • Ceará - R$ 7,505

  • Sergipe - R$ 7,540

  • Pará - R$ 7,542

  • Bahia - R$ 7,645

Etanol

  • São Paulo - R$ 4,362

  • Goiás - R$ 4,447

  • Mato Grosso - R$ 4,490

  • Paraná - R$ 4,960

  • Minas Gerais - R$ 4,971

  • Mato Grosso do Sul - R$ 5,125

  • Amazonas - R$ 5,433

  • Piauí - R$ 5,570

  • Paraíba - R$ 5,645

  • Rio de Janeiro - R$ 5,679

  • Espírito Santo - R$ 5,735

  • Distrito Federal - R$ 5,738

  • Tocantins - R$ 5,928

  • Bahia - R$ 5,936

  • Pernambuco - R$ 5,999

  • Rondônia - R$ 6,071

  • Santa Catarina - R$ 6,078

  • Acre - R$ 6,128

  • Alagoas - R$ 6,130

  • Ceará - R$ 6,227

  • Rio Grande do Sul - R$ 6,277

  • Maranhão - R$ 6,316

  • Rio Grande do Norte - R$ 6,355

  • Roraima - R$ 6,360

  • Sergipe - R$ 6,466

  • Amapá - R$ 6,500

  • Pará - R$ 6,744