Mercado abrirá em 45 mins
  • BOVESPA

    123.576,56
    +1.060,82 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.633,91
    +764,43 (+1,50%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,31
    -1,25 (-1,77%)
     
  • OURO

    1.823,90
    +9,80 (+0,54%)
     
  • BTC-USD

    38.364,32
    -52,61 (-0,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    936,97
    -6,47 (-0,69%)
     
  • S&P500

    4.423,15
    +35,99 (+0,82%)
     
  • DOW JONES

    35.116,40
    +278,24 (+0,80%)
     
  • FTSE

    7.127,61
    +21,89 (+0,31%)
     
  • HANG SENG

    26.426,55
    +231,73 (+0,88%)
     
  • NIKKEI

    27.584,08
    -57,75 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    15.038,00
    -8,25 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1666
    +0,0011 (+0,02%)
     

Garoto-prodígio: com 11 anos de idade, Laurent Simons quer criar o “homem imortal”

·1 minuto de leitura
Garoto-prodígio: com 11 anos de idade, Laurent Simons quer criar o “homem imortal”
Garoto-prodígio: com 11 anos de idade, Laurent Simons quer criar o “homem imortal”

Laurent Simons, de 11 anos, se tornou o segundo estudante mais jovem do mundo a se formar em uma universidade. O belga nascido na cidade de Ostend concluiu a graduação em física na Universidade de Antuérpia em apenas 12 meses. Normalmente, o curso é de três anos.

De acordo com o jornal holandês De Telegraaf, ele abandonou uma outra Universidade, em Eindhoven, na Holanda, em 2019, quando tinha 9 anos. Tudo porque as autoridades locais não deixaram ele pegar o diploma antes de completar 10 anos.

O jovem só quer saber de um sonho: transformar o ser humano em imortal. Laurent diz que quer ser capaz de substituir o maior número possível de partes do corpo por órgãos replicados, e que traçou um caminho para chegar lá. E ainda afirmou que a física quântica é a primeira peça do quebra-cabeça.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos