Garcia teme que decisão sobre dívida argentina crie "grave" precedente

Los Cardales (Argentina), 27 nov (EFE).- O assessor especial de Assuntos Internacionais da Presidência da República, Marco Aurélio García, afirmou nesta terça-feira que a decisão da Justiça de Nova York que obriga à Argentina a pagar a fundos especulativos toda sua dívida em moratória é um precedente "grave" para todo o mundo.

"É um precedente grave não só para a América do Sul, mas para a atividade econômica internacional porque amanhã, se Grécia ou Portugal quiserem renegociar sua dívida, será muito difícil em função deste antecedente", disse Garcia.

Em diálogo com jornalistas durante a 18ª Conferência Anual da União Industrial Argentina realizada em Los Cardales, a 60 quilômetros de Buenos Aires, o diplomata brasileiro considerou que a decisão judicial é "uma preocupação grave que o mundo inteiro deve ter".

"Amanhã nenhuma negociação será feita com tranquilidade porque o negociador sempre vai ficar preocupado que um juiz em Nova York ou em outra parte venha a tomar decisões", acrescentou.

A presidente argentina, Cristina Kirchner, anunciou hoje sua intenção de propor um debate sobre o "colonialismo judicial" na próxima cúpula da União das Nações Sul-Americanas, prevista para sexta-feira em Lima, após a decisão do juiz nova-iorquino Thomas Griesa favorável a fundos especulativos contra os interesses do país sul-americano.

Griesa aceitou em sua decisão, ditada na quarta-feira passada, as reivindicações dos fundos de investimento NML e Aurelius, que exigem o pagamento do total dos bônus soberanos argentinos em seu poder, no valor total de US$ 1,3 bilhão.

Garcia destacou que "Argentina fez uma negociação de sua dívida que foi festejada na época".

"Um setor ficou fora, mas não é esse setor que está reivindicando agora. Quem está reivindicando são os que compraram a dívida em moratória. São os chamados abutres", opinou.

O diplomata brasileiro indicou que está "acompanhando esta discussão" e que inclusive "fez consultas internacionais a este respeito", embora não tenha revelado com quem. EFE

cotações recentes

 
Cotações recentes
Símbolo Preço Variação % Var 
Seus tickers vistos mais recentemente aparecerão aqui automaticamente se você digitou um ticker no campo "Inserir símbolo/empresa" na parte inferior deste módulo.
É necessário permitir os cookies do seu navegador para ver as cotações mais recentes.
 
Entre para ver as cotações nos seus portfólios.

Resumo do Mercado

  • Moedas
    Moedas
    NomePreçoVariação% Variação
    3,10830,000,00%
    USDBRL=X
    3,2936+0,003+0,09%
    EURBRL=X
    0,9433-0,0011-0,12%
    USDEUR=X
  • Commodities
    Commodities
    NomePreçoVariação% Variação

Destaques do Mercado

  • Líderes em Volume
    Líderes em Volume
    NomePreçoVariação% Variação
    31,51-0,14-0,44%
    VALE5.SA
    15,18-0,38-2,44%
    PETR4.SA
    4,93-0,10-1,99%
    USIM5.SA
    5,86+0,15+2,63%
    GOAU4.SA
    16,40-0,52-3,07%
    LAME4.SA
  • Altas %
    Altas %
    NomePreçoVariação% Variação
    10,89+1,29+13,44%
    TEKA4.SA
    4,18+0,45+12,06%
    BEES4.SA
    4,24+0,43+11,29%
    LFFE3.SA
    7,41+0,71+10,60%
    CRPG5.SA
    28,00+2,60+10,24%
    BRSR3.SA
  • Baixas %
    Baixas %
    NomePreçoVariação% Variação
    16,01-3,99-19,95%
    ITEC3.SA
    1,14-0,25-17,99%
    IGBR3.SA
    0,69-0,11-13,75%
    BBTG12.SA
    29,00-4,00-12,12%
    CEED3.SA
    3,33-0,45-11,90%
    CEDO4.SA