Mercado fechará em 1 h 41 min
  • BOVESPA

    105.953,05
    -410,05 (-0,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.520,82
    -193,78 (-0,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,09
    -0,57 (-0,69%)
     
  • OURO

    1.802,00
    +3,20 (+0,18%)
     
  • BTC-USD

    61.077,13
    +1.883,93 (+3,18%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.479,94
    +60,57 (+4,27%)
     
  • S&P500

    4.581,73
    +30,05 (+0,66%)
     
  • DOW JONES

    35.630,90
    +140,21 (+0,40%)
     
  • FTSE

    7.249,47
    -3,80 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    25.555,73
    -73,01 (-0,28%)
     
  • NIKKEI

    28.820,09
    -278,15 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    15.710,25
    +123,00 (+0,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5596
    +0,1349 (+2,10%)
     

Garagem subterrânea usa calor do solo para aquecer apartamentos

·2 minuto de leitura

A startup Enerdrape, que funciona dentro na Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, desenvolveu uma tecnologia que aproveita o calor emanado pelo solo no aquecimento de residências. Painéis geotérmicos instalados em estacionamentos subterrâneos recuperam esse calor que é transferido para os apartamentos.

Nos primeiros testes realizados em uma garagem no bairro de Sébeillon, em Lausanne, as paredes geotérmicas conseguiram fornecer um terço da energia necessária para aquecer 60 moradias que ficam no prédio logo acima, reduzindo o uso de eletricidade e de combustíveis fósseis.

“Nosso sistema é projetado para fazer uso máximo das paredes subterrâneas e explorar um recurso natural e sustentável em locais onde, de outra forma, ele não seria explorado. Cada painel funciona como um trocador de calor que captura a energia geotérmica e ambiental”, explica a CEO da companhia Margaux Peltier.

Quentinho o ano todo

Os painéis geotérmicos possuem 1,3 x 0,7 metros e são fabricados com um metal tão fino quanto um pedaço de tecido. Uma bomba térmica faz com que a energia captada do solo circule por todo o prédio, fornecendo um suprimento constante de calor durante o ano todo, independente da temperatura ambiente.

A ideia dos pesquisadores da EPFL é usar um espaço amplo, geralmente não aproveitado em estacionamentos subterrâneos espalhados pelas cidades, para instalar sistemas geotérmicos de aquecimento utilizando uma fonte de energia renovável e praticamente inesgotável.

“A temperatura do solo não varia quando você atinge alguns metros abaixo da superfície. Isso significa que a energia gerada por pelos painéis geotérmicos não depende das condições e variações climáticas, ou se é inverno ou verão para garantir o abastecimento eficiente de calor”, acrescenta Peltier.

Fácil de instalar

Segundo os engenheiros, os painéis geotérmicos poderiam ser instalados em edifícios novos ou em prédios já existentes nos próximos dois ou três anos. Além disso, esse sistema de captação de calor possui um custo comparável ao de outras soluções convencionais com um rendimento equivalente ou melhor.

Painéis captam o calor do solo para aquecer apartamentos (Imagem: Reprodução/EPFL)
Painéis captam o calor do solo para aquecer apartamentos (Imagem: Reprodução/EPFL)

O único problema é que, para funcionar corretamente, as paredes de concreto do estacionamento onde os painéis geotérmicos serão instalados devem permanecer em contato direto com o solo, para que os dispositivos consigam captar a energia de maneira mais eficiente e sem desperdícios.

“Nossa tecnologia pode ser utilizada não apenas em estacionamentos subterrâneos, mas também em estações de trem e metrô. Essa pesquisa mostra que nossos painéis geotérmicos podem funcionar com eficácia mesmo com um formato mais arredondado, como é necessário para o interior de um túnel, por exemplo”, encerra Peltier.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos