Mercado fechará em 3 h 11 min
  • BOVESPA

    110.706,43
    +1.862,69 (+1,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.616,57
    +58,92 (+0,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,45
    +0,16 (+0,23%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +13,50 (+0,77%)
     
  • BTC-USD

    42.703,53
    -1.262,05 (-2,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.065,79
    +1,95 (+0,18%)
     
  • S&P500

    4.376,48
    +18,75 (+0,43%)
     
  • DOW JONES

    34.136,54
    +166,07 (+0,49%)
     
  • FTSE

    6.980,98
    +77,07 (+1,12%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.839,71
    -660,34 (-2,17%)
     
  • NASDAQ

    15.090,75
    +81,25 (+0,54%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2017
    -0,0430 (-0,69%)
     

Galvão Bueno exalta classificação à final olímpica apesar de 'confusão' na CBF: 'Não se sabe quem manda'

·2 minuto de leitura


Galvão Bueno comemorou a sofrida classificação do Brasil, nos pênaltis, para mais uma final olímpica - a quinta seguida da Seleção - e exaltou o trabalho do tetracampeão mundial Branco, coordenador da base da CBF. O narrador citou ainda a 'confusão' vista na CBF como um entrave no caminho do ouro.

+ Veja a trajetória do Brasil no futebol olímpico!

O assunto começou com o Maestro Júnior, comentarista na transmissão da Globo que exaltou a força do time montado mesmo sem peças importantes que poderiam tornar o caminho da Seleção menos turbulento no torneio.

- Gostaria de exaltar o trabalho do Branco na base da CBF apesar dos jogadores que os clubes não liberaram. Você imagina agora o Pedro, que o Flamengo não liberou. O Vinicius Jr, o Rodrygo, Militão, Gabriel Jesus, o Gerson - disse o Maestro.

- Muito bom você destacar o trabalho do Branco, porque a CBF está em uma confusão tão grande, porque o presidente está afastado mundialmente do futebol, não é só no Brasil, como foram com os outros - iniciou Galvão.

O narrador continuou explicando a confusão na CBF. Landim e Carneiro foram nomeados interventores da entidade e assinaram o termo de confirmação em uma rápida sessão na 2ª Vara Cível da Barra da Tijuca.

Poucos minutos depois, no entanto, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro acatou o recurso da CBF e anulou a sentença que determinava intervenção na entidade que controla o futebol brasileiro. Rogério Caboclo segue afastado do comando da entidade após denúncias de assédio contra uma ex-secretária.

- Apareceu um seu Juiz que resolveu colocar um presidente de clube (Landim, do Flamengo) e um presidente de Federação (Paulista, Reinado Carneiro, no comando da CBF). Não se sabe quem manda. Ai (se exalta) o trabalho liderado pelo Branco, um grande jogador, campeão do mundo - concluiu Galvão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos