Mercado abrirá em 8 h 50 min
  • BOVESPA

    111.289,18
    +1.085,18 (+0,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.037,05
    -67,35 (-0,13%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,80
    -0,55 (-0,63%)
     
  • OURO

    1.815,60
    -14,10 (-0,77%)
     
  • BTC-USD

    36.119,21
    -798,02 (-2,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    822,06
    -33,75 (-3,94%)
     
  • S&P500

    4.349,93
    -6,52 (-0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.168,09
    -129,61 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.469,78
    +98,32 (+1,33%)
     
  • HANG SENG

    23.794,22
    -495,68 (-2,04%)
     
  • NIKKEI

    26.321,33
    -690,00 (-2,55%)
     
  • NASDAQ

    13.941,25
    -217,25 (-1,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0987
    -0,0077 (-0,13%)
     

Galp fecha contrato de venda de gás natural com a Bahiagás

·1 min de leitura
Logo da Galp

SÃO PAULO (Reuters) - A portuguesa Galp informou nesta quarta-feira que celebrou um acordo com a Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás) para a venda de parte de sua produção de gás natural.

Segundo comunicado, a distribuidora de gás baiana se comprometeu a adquirir pelo menos 330 milhões de metros cúbicos por ano de gás natural da Galp por um período de três anos.

A petroleira celebrou acordos com a Petrobras e a Transportadora Associada de Gás (TAG) para garantir o acesso às infraestruturas de processamento e transporte de gás.

A Galp assegurou ainda a retirada da produção de gás natural da Repsol Sinopec de Sapinhoá Norte, ampliando as alternativas de abastecimento da companhia no país.

No caso da Petrobras, foi assinado um contrato de compra e venda de gás para operações conhecidas como swap. A estatal processa o gás produzido por outras operadoras e, após esta etapa, o gás é novamente disponibilizado para as empresas transportarem até seus clientes, viabilizando o acesso direto delas ao mercado.

Já com a TAG, o contrato de transporte de gás assinado pela Galp vai vigorar ao longo de 2022, tendo duração de um ano.

"Estes acordos representam um marco na estratégia da Galp para desenvolver seu portfólio integrado de gás no Brasil, diversificando escoamentos para a produção própria de gás natural e aumentando as alternativas de sourcing para maximizar a criação de valor de suas operações 'upstream' e das atividades de gestão de energia nesta região central para o grupo", disse a petroleira, em comunicado.

(De Letícia Fucuchima)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos