Mercado abrirá em 1 h 27 min
  • BOVESPA

    110.249,73
    +1.405,98 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.828,13
    +270,48 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,52
    +1,03 (+1,46%)
     
  • OURO

    1.774,00
    -4,20 (-0,24%)
     
  • BTC-USD

    41.984,80
    -1.508,40 (-3,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.047,69
    -16,16 (-1,52%)
     
  • S&P500

    4.354,19
    -3,54 (-0,08%)
     
  • DOW JONES

    33.919,84
    -50,63 (-0,15%)
     
  • FTSE

    7.063,81
    +82,83 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.065,00
    +41,00 (+0,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1797
    +0,0006 (+0,01%)
     

Galaxy Z Fold 3 e Z Flip 3: Samsung atinge produção recorde de seus dobráveis

·2 minuto de leitura

A Samsung está investindo cada vez mais no segmento de smartphones dobráveis com o lançamento do Galaxy Z Fold 3 e Galaxy Z Flip 3, apresentando grandes melhorias, proteção contra água e preços menores para conquistar um público ainda maior. E tal expectativa já se reflete não apenas na pré-venda, que quebrou recordes e desbancou a linha Galaxy S21, como também na fabricação, uma vez que a alta demanda causará atraso nas entregas.

De acordo com informações fornecidas por Ross Young, CEO da Display Supply Chain Consultants (DSCC), a Samsung tem apostado em um grande número de fabricação para a terceira geração da linha Galaxy Z, com volumes recordes de produção entre os meses de julho e agosto, atingindo 1,5 milhão de dispositivos fabricados apenas em agosto.

Galaxy Z Flip 3 ganha novo design atualizado com tela externa maior e mais atrativa (Imagem: Divulgação/Samsung)
Galaxy Z Flip 3 ganha novo design atualizado com tela externa maior e mais atrativa (Imagem: Divulgação/Samsung)

Para os próximos meses a empresa deve manter a produção elevada, totalizando 1 milhão de unidades fabricadas ao mês entre julho e novembro. Segundo as expectativas de Young, a produção de 2021 deve passar de 7 milhões de exemplares para os dispositivos da linha Galaxy Z.

Em comparação com o volume de dobráveis da geração anterior, a Samsung já apresenta um aumento de 251% em relação a 2020, que havia ficado abaixo da marca de 500 mil unidades.

Preços ligeiramente mais atrativos, melhorias em detalhes como dobradiças, telas e corpo, além da chegada da certificação contra água deixam a Samsung ainda mais consolidada no mercado de dobráveis, o que consequentemente acaba atraindo mais consumidores que veem segurança em investir em produtos que não serão abandonados logo em seguida pela marca. Além disso, a empresa ainda usa seu modelo mais caro para estrear tecnologias disruptivas como a câmera sob a tela, oferecendo como extra o suporte à caneta S Pen que consagrou a linha Galaxy Note.

(Imagem: Divulgação/Samsung)
(Imagem: Divulgação/Samsung)

Os novos dobráveis da Samsung compartilham características como o chipset Snapdragon 888, um dos processadores mais poderosos da Qualcomm até o momento, além de novos conjuntos de câmera e atualizações em design para torná-los ainda mais icônicos.

Enquanto Galaxy Z Flip 3 mantém seu formato flip permitindo que o smartphone dobre ao meio para ser guardado com maior praticidade, o Galaxy Z Fold 3 aposta em uma ideia diferente, com um smartphone que se transforma em tablet compacto para melhor experiência de multitarefa, herdando o legado da linha Galaxy Note e sendo um substituto para o Galaxy Note 21, que não será lançado este ano.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos