Mercado fechará em 29 mins
  • BOVESPA

    106.665,51
    +302,41 (+0,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.539,35
    -175,25 (-0,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,83
    +0,17 (+0,21%)
     
  • OURO

    1.802,80
    +4,00 (+0,22%)
     
  • BTC-USD

    61.028,52
    +2.079,54 (+3,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.476,69
    +57,32 (+4,04%)
     
  • S&P500

    4.591,19
    +39,51 (+0,87%)
     
  • DOW JONES

    35.671,59
    +180,90 (+0,51%)
     
  • FTSE

    7.249,47
    -3,80 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    25.555,73
    -73,01 (-0,28%)
     
  • NIKKEI

    28.820,09
    -278,15 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    15.744,25
    +157,00 (+1,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5429
    +0,1182 (+1,84%)
     

Galaxy Z Flip 3 mostra avanços na construção em teste de resistência

·4 minuto de leitura

Oficializado em meados de agosto, o Galaxy Z Flip 3 arriscou menos em novidades quando comparado ao Galaxy Z Fold 3, mas trouxe melhorias importantes para a família de dobráveis Flip da Samsung. Além de um visual substancialmente mais refinado, o aparelho trouxe conjunto de processamento potente com Snapdragon 888 e construção mais encorpada, com inédita certificação IPX8, que promete elevada resistência contra líquidos.

Para testar as promessas da Samsung, o YouTuber Zack Nelson, do canal JerryRigEverything, realizou sua tradicional bateria de testes, avaliando as telas, o corpo e a resistência do celular a determinadas condições de uso. Comprovando os grandes investimentos da Samsung, o Galaxy Z Flip 3 mostrou trazer uma boa evolução em comparação ao primeiro modelo da família.

Corpo em vidro e metal, tela coberta por plástico

O novo Flip da Samsung ganhou visual repaginado, que lembra bastante o adotado pelo Google Pixel 2, trazendo aparência mais premium com acabamento duplo em vidro Gorilla Glass Victus e tela externa de 1,9 polegada, significativamente maior que a empregada no primeiro Galaxy Z Flip. As laterais trazem o chamado "Armor Aluminum", que promete ser 10% mais forte que o alumínio tradicional, enquanto a tela dobrável ganhou nova película mais durável.

Com Gorilla Glass Victus, a tela externa mostra resistência de displays tradicionais (Imagem: Reprodução/JerryRigEverything)
Com Gorilla Glass Victus, a tela externa mostra resistência de displays tradicionais (Imagem: Reprodução/JerryRigEverything)

Sob os testes de Zack, a tela externa sofreu arranhões com a ferramenta de dureza de nível 6, como de costume para vidro temperado, enquanto a presença de plástico na tela interna é confirmada pelas marcas causadas no nível 2 do kit de resistência, exigindo assim maior cuidado.

A situação é melhor no teste do isqueiro, em que ambos os displays resistiram por cerca de 30 segundos ao fogo, recuperando-se pouco depois — a exceção vai para a película do painel dobrável que, justamente por ser composta de plástico, acaba derretendo, ainda que não cause danos à tela.

Mesmo sob fogo, a tela dobrável não sofre danos críticos, tendo apenas a película de plástico derretida (Imagem: Reprodução/JerryRigEverything)
Mesmo sob fogo, a tela dobrável não sofre danos críticos, tendo apenas a película de plástico derretida (Imagem: Reprodução/JerryRigEverything)

No cenário controlado do YouTuber, é difícil confirmar o "ganho de 10%" em resistência do frame de metal, que perde a pintura e sofre com arranhões ao ser riscado com a lâmina de aço inoxidável, como esperado. Independente disso, o leitor biométrico, embutido ao botão de energia na lateral, mostrou eficiência ao funcionar mesmo após sofrer boa quantidade de riscos.

Poeira não parece mais ser problema

Partindo para os testes mais extremos, o Galaxy Z Flip 3 entrega duas boas surpresas. Ao ser dobrado para o lado oposto, o celular é flexionado, mas se mantém intacto. As antenas sofrem leves avarias e o aparelho acaba apresentando ligeira curvatura após múltiplas tentativas, mas sobrevive à situação sem problemas graves.

Passando então para um banho de poeira, com a intenção de conferir o selamento dos componentes internos e a resistência da dobradiça a detritos, os resultados também são positivos.

O criador de conteúdo decidiu deixar o teste mais intenso ao espalhar terra diretamente sobre as aberturas, e mesmo assim o dobrável não sofreu avarias — o "DNA de aspirador", com a presença de pequenas escovas no encontro das metades do telefone, seria o responsável pela proteção. O Samsung Galaxy Z Flip 3 já está disponível no Brasil, nas cores creme, violeta, preto e verde, com preço sugerido de R$ 6.999.

Samsung Galaxy Z Flip 3: ficha técnica

  • Tela Interna: Dynamic AMOLED 2X de 6,7 polegadas, proporção 22:9, resolução Full HD+ de 2640 x 1080 pixels, taxa de atualização de 120 Hz

  • Tela Externa: Super AMOLED de 1,9 polegada, resolução de 300 x 112 pixels

  • Chipset: Qualcomm Snapdragon 888

  • Memória RAM: 8 GB

  • Armazenamento interno: 128 GB ou 256 GB UFS 3.1

  • Câmera traseira: 12 MP (Principal, f/1.8) + 12 MP (Ultrawide, f/2.2, 123°)

  • Câmera frontal: 10 MP (f/2.4)

  • Dimensões: 166 x 72,2 x 6,9 mm (aberto), 86,4 x 72,2 x 17,1 ~ 15,9 mm (dobrado)

  • Peso: 183 gramas

  • Bateria: 3.300 mAh

  • Extras: 5G, Wi-Fi 6, NFC, certificação IPX8, leitor de digitais na lateral, áudio estéreo

  • Cores disponíveis: creme, verde, violeta e preto (cinza, branco e rosa exclusivos do site da Samsung no exterior)

  • Sistema operacional: Android 11, sob a One UI 3.1.1

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos