Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.449,79
    +65,36 (+0,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

Galaxy Z Flip 3 é dobrado mais de 400 mil vezes em teste extremo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Preocupações com a durabilidade de dispositivos dobráveis existem desde que os primeiros modelos do tipo foram lançados, afinal eles são muito mais dependentes de partes mecânicas móveis — algo que inclusive ajudou na popularização dos celulares "em barra" desde meados dos anos 2000. Entretanto, novos testes mostrados pelo canal Mrkeybrd no YouTube mostram que o Galaxy Z Flip 3 consegue superar as expectativas colocadas pela própria Samsung.

Galaxy Z Flip 3 foi dobrado 408.503 vezes antes da dobradiça quebrar (Imagem: YouTube/Mrkeybrd)
Galaxy Z Flip 3 foi dobrado 408.503 vezes antes da dobradiça quebrar (Imagem: YouTube/Mrkeybrd)

No conteúdo, o dispositivo foi dobrado por 418.503 vezes antes de ficar inutilizável, quando a dobradiça não foi mais capaz de manter o aparelho totalmente aberto ou fechado. Antes disso, o mecanismo começou a apresentar problemas pontuais por volta da tentativa de número 352 mil.

A Samsung aponta que o dispositivo em questão tem uma vida útil de aproximadamente 200 mil ciclos de dobras, que é provavelmente uma estimativa conservadora para garantir que os clientes tenham experiências próximas do esperado. Mesmo assim, a durabilidade é suficiente para cerca de dois anos de uso com 300 ativações por dia.

Portanto, os testes realizados são equivalentes a quase quatro anos de uso com a mesma frequência de aberturas diárias. No caso do YouTuber, a experiência foi realizada em apenas seis dias, entre 8 e 13 de junho.

Testes de choques físicos causaram danos na tela (Imagem: YouTube/Mrkeybrd)
Testes de choques físicos causaram danos na tela (Imagem: YouTube/Mrkeybrd)

Depois do teste das dobradiças, o Galaxy Z Flip 3 ainda foi submetido a avaliações de resistência contra poeira, terra e água — o aparelho tem certificação IPX8 contra líquidos, e resistiu a essa etapa sem problemas.

Além disso, o dispositivo passou por testes de durabilidade contra choques físicos, após ser derrubado no chão diversas vezes. Mesmo com a dobradiça já danificada, ele aguentou várias quedas, mas eventualmente começou a apresentar problemas de display que o tornaram inutilizável.

A linha de dobráveis compactos da Samsung deverá ganhar sua atualização anual por volta do mês de agosto, com o Galaxy Z Flip 4. Entre as novidades aguardadas para o smartphone, está também a implementação de novas tecnologias que tornam o vinco do display menos visível, bem como a redução da área externa da dobradiça, o que deve ajudar a torná-lo ainda mais compacto quando fechado.

O vídeo completo do teste pode ser conferido abaixo:

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos