Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.880,82
    +1.174,91 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.219,26
    +389,95 (+0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,51
    +1,69 (+2,65%)
     
  • OURO

    1.844,00
    +20,00 (+1,10%)
     
  • BTC-USD

    49.383,06
    +699,09 (+1,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,33
    +39,77 (+2,93%)
     
  • S&P500

    4.173,85
    +61,35 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,13
    +360,68 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.398,00
    +297,75 (+2,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4040
    -0,0085 (-0,13%)
     

Galaxy S21 Ultra com Snapdragon supera versão com Exynos em teste de câmera

Diego Sousa
·4 minuto de leitura

O Galaxy S21 Ultra chegou ao mercado em duas versões, uma equipada com o processador Snapdragon 888 e outra com o Exynos 2100, modelo fabricado pela própria Samsung. Apesar das diferenças internas, a expectativa era que o desempenho dos dois, seja em qualidade das câmeras e potência, fosse igual ou, pelo menos, bastante próximo — porém, parece que, na prática, não foi bem assim.

O DxO Mark, site referência no que diz respeito à fotografia mobile, analisou recentemente as câmeras do Galaxy S21 Ultra com chip próprio da Samsung e, para a surpresa de muitas pessoas, ficou na décima nona posição no ranking de melhores smartphones para fotos, atrás de modelos teoricamente inferiores, como iPhone 11 Pro Max, Xiaomi Mi 10 Pro e o próprio Galaxy S20 Ultra (Exynos), de 2020.

O Galaxy S21 Ultra com Snapdragon 888, por outro lado, passou pela bancada de testes do site e teve um desempenho melhor em relação ao modelo com Exynos 2100, o que só escancarou a diferença entre os chips, mesmo se mantendo abaixo de praticamente todos os seus principais concorrentes.

Bom, mas não o suficiente

Segundo a análise do DxO Mark, o S21 Ultra com chip Snapdragon 888 debutou na décima quarta colocação, com 123 pontos, dois pontos a frete do modelo com Exynos 2100. O site apontou melhorias pontuais em praticamente todas as categorias, principalmente em textura, ruído, zoom e estabilização em vídeos. Surpreendentemente, os resultados continuaram inferiores aos do S20 Ultra, modelo que durante seu lançamento apresentou diversos problemas de foco e qualidade devido ao problemático Exynos 990.

No geral, o site elogiou os ótimos níveis de exposição e HDR em praticamente todas as condições de iluminação. Com relação às cores, os principais destaques foram para a vivacidade e os tons de pele agradáveis, embora houvesse algumas instabilidades no balanço de branco em ambientes com pouca luz. Em cenários internos, o S21 Ultra (Snapdragon) produziu bons detalhes, diferente do aparelho com Exynos 2100 que perdeu qualidade ao sofrer um crop na imagem.

(Imagem: Reprodução/DxO Mark)
(Imagem: Reprodução/DxO Mark)

Em ambientes noturnos, também percebeu-se uma diferença notável entre as duas versões, com o modelo equipado com o Snapdragon 888 entregando muito menos ruídos. Um ponto onde o S21 Ultra (Snapdragon) ficou atrás do modelo com Exynos 2100 foi no foco automático, onde foram identificados falhas ocasionais no foco e lentidão em condições de alto contraste.

(Imagem: Reprodução/DxO Mark)
(Imagem: Reprodução/DxO Mark)

Nas fotos utilizando a câmera telefoto de 3x, os dois ofereceram resultados bastante semelhantes, com bons detalhes, mas um ruído visível. As coisas melhoram para o modelo com chip da Qualcomm nos resultados com a segunda câmera telefoto, com zoom óptico de 10x, trazendo mais detalhes em comparação com o irmão.

Em vídeos a 4K com 60 quadros por segundo (fps), ambos os dispositivos apresentaram boa exposição e ampla faixa dinâmica, mesmo com algumas partes subexpostas em condições de pouca luz. A análise também destacou que o nível de detalhe poderia ser melhor, sem contar com o ruído excessivo em praticamente todos os cenários.

No final, o site apontou que, dadas as especificações de ponta do Galaxy S21 Ultra, a expectativa era que o smartphone obtivesse uma pontuação bem mais alta dos 123 pontos alcançados. O modelo foi capaz de fotografar ótimas imagens e vídeos na maioria dos cenários, porém abaixo de todos os seus principais concorrentes. Confira abaixo o ranking dos 20 primeiros colocados no ranking de melhores celulares para fotos do mundo, segundo o DxO Mark:

  1. Xiaomi Mi 11 Ultra - 143 pontos

  2. Huawei Mate 40 Pro+ - 139 pontos

  3. Huawei Mate 40 Pro - 136 pontos

  4. Xiaomi Mi 10 Ultra - 133 pontos

  5. Huawei P40 Pro - 132 pontos

  6. Vivo X50 Pro+ - 131 pontos

  7. iPhone 12 Pro Max - 130 pontos

  8. iPhone 12 Pro - 128 pontos

  9. Xiaomi Mi 10 Pro - 128 pontos

  10. OPPO Find X2 Pro - 126 pontos

  11. Samsung Galaxy S20 Ultra (Exynos) - 126 pontos

  12. Honor 30 Pro+ - 125 pontos

  13. iPhone 11 Pro Max - 124 pontos

  14. Samsung Galaxy S21 Ultra (Snapdragon) - 123 pontos

  15. Huawei Mate 30 Pro 5G - 123 pontos

  16. iPhone 12 mini - 122 pontos

  17. iPhone 12 - 122 pontos

  18. Honor V30 Pro - 122 pontos

  19. Samsung Galaxy S21 Ultra (Exynos) - 121 pontos

  20. Xiaomi Mi CC9 Pro Premium Edition - 121 pontos

Você pode conferir a análise completa do Galaxy S21 Ultra na íntegra no site do DxO Mark.

Review do Galaxy S21 Ultra

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: