Mercado abrirá em 8 h 31 min
  • BOVESPA

    118.328,99
    -1.317,01 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.810,21
    -315,49 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,40
    -0,73 (-1,37%)
     
  • OURO

    1.860,90
    -5,00 (-0,27%)
     
  • BTC-USD

    30.449,49
    +635,45 (+2,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    602,23
    -77,67 (-11,42%)
     
  • S&P500

    3.853,07
    +1,22 (+0,03%)
     
  • DOW JONES

    31.176,01
    -12,39 (-0,04%)
     
  • FTSE

    6.715,42
    -24,97 (-0,37%)
     
  • HANG SENG

    29.601,48
    -326,28 (-1,09%)
     
  • NIKKEI

    28.646,99
    -109,87 (-0,38%)
     
  • NASDAQ

    13.345,75
    -49,75 (-0,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5140
    +0,0056 (+0,09%)
     

Galaxy M12 passa na Anatel com bateria de 6.000 mAh antes de anúncio global

Felipe Junqueira
·2 minuto de leitura

O Galaxy M12 já está liberado para ser comercializado no Brasil. O novo celular de entrada da Samsung está com a documentação publicada na Anatel, ou seja, foi devidamente homologado e já pode ser vendido oficialmente nas lojas do país.

Já em 18 de dezembro, quando falamos sobre a capacidade da bateria do aparelho na FCC (equivalente à Anatel dos EUA) e também na própria agência brasileira, mencionamos que o dispositivo aparecia no banco de dados do Sistema de Certificação e Homologação, sob referência SM-M127F/DS. É bom notar, porém, que a fabricante ainda não oficializou nenhum modelo com nome Galaxy M12, e essa informação tem base em rumores, por enquanto.

Seja qual for o nome comercial do celular, sabemos que ele tem bateria de impressionantes 6.000 mAh, e tudo indica que esse será o novo padrão para smartphones com bastante carga no ano de 2021. No ano passado, a Samsung lançou dois aparelhos com esta capacidade por aqui, ambos da linha M: o Galaxy M31 e o Galaxy M21s.

Certificação de homologação do suposto Galaxy M12 (Imagem: Reprodução/Anatel)
Certificação de homologação do suposto Galaxy M12 (Imagem: Reprodução/Anatel)

De acordo com a documentação na Anatel, o modelo tem suporte ao Wi-Fi apenas na frequência 2,4 GHz, ou seja, conexão mais estável, mas menos veloz. E as duas unidades fabris do Brasil, em Manaus e Campinas, estão listadas como local de fabricação do aparelho, junto a outras duas no Vietnã e mais uma na Coreia do Sul.

O suposto Galaxy M12 pode ter processador Exynos 850 (mesmo do Galaxy A21s) e tela de 6,5 polegadas, segundo os rumores disponíveis até o momento. Imagens vazadas mostram visual com notch em gota na tela e módulo de câmeras quadrado, com o flash LED abaixo e quatro sensores fotográficos.

A Samsung ainda não divulgou informações oficiais sobre o celular, nem mesmo uma previsão para a data de lançamento.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: