Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    47.034,38
    +929,71 (+2,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7577
    +0,0188 (+0,28%)
     

Galaxy A72 é aprovado pela Anatel e já pode ser lançado no Brasil

Diego Sousa
·2 minuto de leitura

Sucessor de um dos celulares mais populares da Samsung no Brasil, o Galaxy A72 foi aprovado pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) nesta quarta-feira (27) e já pode ser lançado no país. O smartphone apareceu recentemente em diversos vazamentos equipado com configurações interessantes e versões com 4G e 5G, mas o modelo brasileiro não deve receber a nova tecnologia de rede.

Infelizmente, não há muitas informações sobre a ficha técnica do aparelho na documentação da Anatel, mas ela lista um código de modelo SM-A725M/DS com suporte à conectividade 4G (LTE), Bluetooth, NFC e Wi-Fi (802.11 b/g/n/a/ac). Até o momento, não houve referências sobre a versão 5G do Galaxy A72 aqui no Brasil, contudo, é bastante provável que a Samsung também lance a variante por aqui, ainda mais considerando que a Motorola já começou a adotar a tecnologia em vários modelos intermediários.

De qualquer forma, a versão 4G do Galaxy A72 foi flagrado recentemente na plataforma de testes Geekbench trazendo o chipset Snapdragon 720G da Qualcomm, que é um dos mais recentes da série Snapdragon 700 sem suporte ao 5G. Ele deve ser comercializado com até 8 GB de memória RAM e Android 11, ainda sem capacidade de armazenamento revelada.

Voltando à documentação da Anatel, a homologação traz, ainda, a presença de um carregador de parede de 25 W de potência, sugerindo que a prática adotada pelos novos Galaxy S21 deve ficar restrita apenas às linhas premium da Samsung. Além disso, a bateria do aparelho é tem capacidade nominal de 4.860 mAh, a mesma do Galaxy A32, que também já passou pelo órgão brasileiro.

A data de lançamento do Galaxy A72 ainda é um mistério, mas, considerando que o A71 foi exibido no Brasil no final de janeiro de 2020, é bastante provável que o novo aparelho seja apresentado já nas próximas semanas.

Review do Galaxy A71

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: