Mercado fechará em 26 mins
  • BOVESPA

    107.617,91
    +759,04 (+0,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.697,59
    +92,03 (+0,18%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,13
    +2,64 (+3,80%)
     
  • OURO

    1.784,10
    +4,60 (+0,26%)
     
  • BTC-USD

    51.117,48
    +2.103,31 (+4,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.313,94
    -7,34 (-0,56%)
     
  • S&P500

    4.688,51
    +96,84 (+2,11%)
     
  • DOW JONES

    35.742,27
    +515,24 (+1,46%)
     
  • FTSE

    7.339,90
    +107,62 (+1,49%)
     
  • HANG SENG

    23.983,66
    +634,28 (+2,72%)
     
  • NIKKEI

    28.455,60
    +528,23 (+1,89%)
     
  • NASDAQ

    16.318,75
    +476,00 (+3,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3433
    -0,0803 (-1,25%)
     

Galaxy A53 pode trazer opção de cor não vista há tempos

·2 min de leitura

Desde que a linha Galaxy J cedeu lugar para a família Galaxy A, a Samsung reserva os melhores recursos para os modelos de maior numeração. Ou seja, é um tanto intuitivo notar que a ordem numérica monta a hierarquia da linha.

Assim, os Galaxy A52s e Galaxy A72 foram os intermediários mais robustos da empresa em 2021. Eles trazem altas taxas de atualização de display, carregamento rápido, certificação IP67 e câmera com estabilização óptica. Porém, a sul-coreana já olha para frente e pensa na próxima geração, a ser lançada em 2022.

O Galaxy A53 pode ser um dos primeiros modelos a serem anunciados para a nova geração da linha, e tem certa “responsabilidade” em manter uma experiência de alto nível já que sucederá um aparelho que traz o Snapdragon 778G, câmera quádrupla traseira — incluindo sensor principal de 64 MP — e tela com 120 Hz. E ao menos suas cores já teriam sido decididas.

(Imagem: Divulgação/Samsung)
(Imagem: Divulgação/Samsung)

Nos bastidores crava-se que o celular chegará ao mercado em azul, preto, branco e laranja. Chama a atenção esta última tonalidade, há bastante tempo não vista na família Galaxy A. Para ser mais exato, foi no lançamento do Galaxy A50 que ela esteve disponível pela última vez.

Àquela época, os aparelhos trouxeram acabamento apelidado pela Samsung de “glasstic”, na tentativa de reduzir críticas pela construção plástica, dando-lhe acabamento espelhado em vez de fosco. O laranja, porém, parecia mais coral — longe de representar um tom vibrante, e puxando mais para um tom pastel.

Sem variantes 4G

Com o 5G caminhando a passos largos no cenário mundial, a fabricante poderia lançar o Galaxy A53 apenas com este tipo de rede. Na atual geração os modelos ainda são diferenciados entre 4G e 5G. É o caso dos Galaxy A32 e A52. Estes, inclusive, trazem mais ou menos recursos dependendo do tipo de rede escolhida.

Se repetir o cronograma de 2021, a Samsung deve anunciar o Galaxy A53 pouco após oficializar a família S22. Algo que deve influenciar a data deste anúncio é a escassez no mercado de chips — que também estaria adiando o Galaxy S21 FEvários e vários meses.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos