Galícia vê jazida petrolífera brasileira como "grande oportunidade"

Arteixo (Espanha), 10 nov (EFE).- A jazida petrolífera descoberta recentemente no Brasil representa uma "grande oportunidade" para o setor naval da Galícia (Espanha), declarou neste sábado o presidente interino dessa região autônoma espanhola, Alberto Núñez Feijóo.

O presidente galego, que na última quinta-feira concluiu uma visita de três dias ao Brasil, disse que "é preciso saber aproveitar a nova oportunidade" que essa jazida pode oferecer ao setor naval galego.

Em sua viagem de volta à Espanha, Feijóo explicou que retorna do Brasil com a proposta fixa de que os estaleiros galegos precisam fazer uma oferta formal para a construção de determinados navios e para reparação de navios petroleiros.

A descoberta petrolífera do Brasil é "a mais importante do mundo" e também vai gerar uma forte demanda de navios e outras embarcações, declarou Feijóo, que foi reeleito no último dia 21 de outubro nas eleições autônomas galegas.

"O Brasil descobriu uma zona petrolífera no mar de uns 149 mil quilômetros quadrados, quase o dobro de Portugal", explicou o político ao considerar que se trata de uma jazida "excepcional" e a qual necessita "de tudo", desde sondas até navios de apoio às plataformas petrolíferas.

"Para cada plataforma se necessitam entre quatro e seis navios, com o qual as necessidades da frota da Petrobras até 2020 serão de cerca de 500 navios", detalhou.

Segundo Feijóo, trata-se de uma oportunidade "única", sendo que os recentes contatos com Petrobras e outras empresas brasileiras evidenciam que existe um "foco de mercado importantíssimo" para o setor naval galego.

"Espero que possamos aproveitá-la", completou Feijóo, que também anunciou que vai informar o governo espanhol sobre o interesse da Galícia para que se inclua na agenda da próxima 'cúpula' hispânico-brasileira, que será realizada em dezembro, uma colaboração com o Brasil no âmbito do setor naval. EFE

Carregando...