Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,96
    +0,05 (+0,07%)
     
  • OURO

    1.878,60
    -1,00 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    38.850,29
    +3.234,23 (+9,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,87 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    14.019,50
    +25,25 (+0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1933
    +0,0398 (+0,65%)
     

G7 está próximo de um acordo sobre tributação das maiores empresas do mundo, diz FT

·1 minuto de leitura

LONDRES (Reuters) - O Grupo dos Sete (G7) está próximo de chegar a um acordo sobre a tributação corporativa das empresas multinacionais, abrindo caminho para um acordo global neste ano, informou o Financial Times.

Depois que os Estados Unidos concordaram em aceitar uma taxa mínima de pelo menos 15%, França, Alemanha e Itália disseram que a nova proposta compõe uma boa base para fechar um acordo internacional até julho.

Um acordo do G7 pode ser fechado já na sexta-feira, depois de haver progresso entre as principais autoridades nos últimos dias, disse o FT.

"O mundo está mais próximo do que nunca de um imposto mínimo global", disse Jake Sullivan, assessor de Segurança Nacional dos EUA, em 22 de maio.

Aproximadamente 140 países pretendem chegar a um amplo acordo neste verão do hemisfério norte para reformular as regras de tributação de grupos multinacionais e grandes empresas de tecnologia, como a Alphabet Inc e o Facebook Inc.

(Por Guy Faulconbridge)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5047 2838))

REUTERS PVB CMO