Mercado abrirá em 7 h 33 min
  • BOVESPA

    100.774,57
    -1.140,88 (-1,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.007,16
    +308,44 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,52
    +0,95 (+1,45%)
     
  • OURO

    1.778,20
    -6,10 (-0,34%)
     
  • BTC-USD

    56.560,38
    -631,73 (-1,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.434,95
    -34,13 (-2,32%)
     
  • S&P500

    4.513,04
    -53,96 (-1,18%)
     
  • DOW JONES

    34.022,04
    -461,68 (-1,34%)
     
  • FTSE

    7.168,68
    +109,23 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    23.714,00
    +55,08 (+0,23%)
     
  • NIKKEI

    27.844,87
    -90,75 (-0,32%)
     
  • NASDAQ

    15.960,50
    +90,75 (+0,57%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4515
    +0,0047 (+0,07%)
     

Futuros do coque caem na China por preocupação com estoque; minério também recua

·2 min de leitura

Por Enrico Dela Cruz

(Reuters) - Os contratos futuros de coque na China caíram nesta terça-feira, atingidos por relato de mau tempo nas províncias e cidades do norte, o que atrapalhou o transporte de insumos siderúrgicos, enquanto o minério de ferro também ficou sob pressão devido a preocupações com a queda dos preços do aço.

O contrato de coque mais ativo de janeiro na Bolsa de Commodities de Dalian, na China, fechou em queda de 1,8%, a 3.012,50 iuanes (470,85 dólares) a tonelada.

Citando um comunicado do Ministério de Transportes da China, analistas da Sinosteel Futures disseram que algumas estradas tiveram que ser fechadas para veículos em meio à forte neve na parte norte do país.

A agência meteorológica da China emitiu no domingo o primeiro alerta laranja de tempestade de neve, o segundo nível mais alto, enquanto alarmes de ondas de frio em todo o país alimentaram preocupações sobre interrupções no tráfego.

"O ritmo de transporte de coque para os compradores pode desacelerar novamente, o que aumentará a pressão de estoque sobre as empresas de coque", disseram analistas da Sinosteel em nota.

O carvão metalúrgico em Dalian caiu 2,6%.

O minério de ferro de Dalian mais negociado para entrega em janeiro caiu 1%, para 561 iuanes por tonelada, sendo negociado perto de uma mínima de 12 meses, enquanto o contrato de dezembro mais ativo na Bolsa de Cingapura caía 1,7%, para 90,55 dólares a tonelada, no início da manhã (horário de Brasília).

Uma queda recorde na produção de aço chinesa este ano, à medida que a maior produtora de aço do mundo busca reduzir as emissões de carbono, levou a uma correção significativa nos preços do minério de ferro.

O vergalhão de aço para construção na Bolsa de Futuros de Xangai também fechou em queda, 0,7%, enquanto a bobina laminada a quente caiu 1,1%. O aço inoxidável caiu 1,9%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos