Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.105,23
    +2.035,54 (+1,94%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.579,56
    -17,73 (-0,04%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,86
    +3,60 (+5,43%)
     
  • OURO

    1.777,30
    -4,70 (-0,26%)
     
  • BTC-USD

    48.967,30
    +191,25 (+0,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.269,08
    +8,92 (+0,71%)
     
  • S&P500

    4.591,67
    +53,24 (+1,17%)
     
  • DOW JONES

    35.227,03
    +646,95 (+1,87%)
     
  • FTSE

    7.232,28
    +109,96 (+1,54%)
     
  • HANG SENG

    23.349,38
    -417,31 (-1,76%)
     
  • NIKKEI

    27.927,37
    -102,20 (-0,36%)
     
  • NASDAQ

    15.833,75
    +116,00 (+0,74%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4203
    +0,0250 (+0,39%)
     

Futuros do carvão e coque sobem na China para recordes com preocupação de oferta

·1 min de leitura
Homem passa em frente à usina de carvão em Xangai, China

Por Min Zhang e Shivani Singh

PEQUIM (Reuters) - Os contratos futuros de carvão metalúrgico e de coque negociados na China saltaram cerca de 9% nesta segunda-feira, para máximas recordes, com a oferta permanecendo apertada, embora Pequim tenha intensificado os esforços para aumentar a produção.

Os contratos futuros de carvão metalúrgico mais negociados na Bolsa de Commodity de Dalian, para entrega em janeiro, subiram 9%, para 3.869 iuanes (601,24 dólares) a tonelada, antes de fechar em alta de 8,4%, a 3.847 iuanes por tonelada.

Os futuros do coque atingiram seu limite diário de negociação, com alta de 9%, para 4.344 iuanes por tonelada.

"Os preços do coque foram sustentados principalmente pela matéria-prima de carvão metalúrgico", disse Tang Binghua, analista da Founder CIFCO Futures, acrescentando que ainda havia aperto no fornecimento de carvão metalúrgico e térmico.

"A situação (oferta restrita) ainda não melhorou, especialmente porque o governo precisa garantir a demanda de aquecimento durante o inverno."

A produção de carvão da China ficou em 334,1 milhões de toneladas em setembro, ante 335,24 milhões de toneladas em agosto e queda de 0,9% na comparação anual, de acordo com dados do órgão nacional de estatísticas.

A produção de coque no mês passado caiu 9,6% no comparativo anual, para 37,18 milhões de toneladas, mostraram os dados.

Outros ingredientes siderúrgicos caíram. Os futuros do minério de ferro de referência na bolsa de Dalian recuaram 2,3%, para 711 iuanes por tonelada.

Os preços do aço na Bolsa de Futuros de Xangai caíram. O vergalhão de aço usado na construção fechou em queda de 1,2%, para 5.422 iuanes por tonelada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos