Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.282,28
    +2.032,55 (+1,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.338,34
    +510,21 (+1,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,35
    +0,12 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.763,40
    -15,40 (-0,87%)
     
  • BTC-USD

    43.641,72
    +1.483,45 (+3,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.095,65
    +55,17 (+5,30%)
     
  • S&P500

    4.395,64
    +41,45 (+0,95%)
     
  • DOW JONES

    34.258,32
    +338,48 (+1,00%)
     
  • FTSE

    7.083,37
    +102,39 (+1,47%)
     
  • HANG SENG

    24.699,44
    +477,90 (+1,97%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.203,00
    +39,50 (+0,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2091
    +0,0003 (+0,00%)
     

“Fusca” chinês ganha versão megarretrô em Wey V72

·3 minuto de leitura
“Fusca” chinês ganha versão megarretrô em Wey V72
“Fusca” chinês ganha versão megarretrô em Wey V72

Na feira anual chinesa de automóveis Chengdu Motor Show, que começou hoje (27/08) e vai até o dia 05 de setembro, a Great Wall Motors (GWM) revelou um veículo realmente inusitado. O GWM Wey V72 é uma versão do Ora Punk Cat com uma frente que lembra a de um carro dos anos 1940 – numa referência mais óbvia que a usada no PT Cruiser dos anos 2000.

Parte da frente do Wey V72 aparecendo em um corredor
Divulgação/GWM

Espelhando o Ora Punk Cat (e o Ora Ballet Cat, um modelo que traz combinações de cores mais suaves que o seu irmão punk), o Wey V72 traz alterações mais visíveis em suas partes traseira e frontal. A GWM parece ter modificado o capô dianteiro para que se parecesse com um carro americano genérico dos anos 1950. Além da grade cromada arrojada, há bordas para os faróis de LED redondos e parachoque de barra dupla que integra um par de faróis de neblina.

Luxo retrô

Já a porta traseira do carro vem com o emblema Wey e recebeu uma saliência que parece abrigar um pneu sobressalente. As lanternas traseiras de LED são ovais e um parachoque cromado oferece lanternas integradas ao lado do suporte da placa.

parte traseira do Wey V72
Divulgação/GWM

Nas laterais, o Wey V72 é estilizado com os espelhos retrovisores e maçanetas em acabamento cromado. O carro elétrico ostenta rodas de liga leve com raios de arame e entradas de ar falso aplicadas nos paralamas dianteiros. Uma barra cromada foi instalada na parte inferior das portas e um toque final do design é fornecido por um teto solar de vidro.

Detalhe de retrovisor do Fusca Limusine
Divulgação/GWM

O passado e o futuro no Wey V72

O design da cabine do veículo elétrico inclui telas digitais sensíveis ao toque para o motorista e o passageiro, separadas por um sistema de infoentretenimento. Uma série de saídas de ar circulares adicionam um elemento clássico.

Por dentro do carro elétrico da GWM
Divulgação/GWM

O console central estofado em couro apresenta uma bandeja para colocar smartphones, dois porta-copos e um compartimento de armazenamento. Logo acima, está uma bandeja de controles com interruptores e botões cromados. O design do volante é dotado de controles multifuncionais sensíveis ao toque.

Leia mais:

Especula-se que o excêntrico carro da Wey deve vir com as mesmas baterias LFP usadas pelo Ora Punk Cat. Ou seja, opções de dois conjuntos, de 47,8 kWh e de 59,1 kWh (com autonomia próxima de 500 km). Os tempos de recarga então seriam em torno de oito horas (versão comum) e um pouco mais de 30 minutos com carregamento ultrarrápido.

Com relação ao motor elétrico, se também houver configuração no sentido dos irmãos mais humildes, teremos 143 cv e 21,4 kgfm. O que fica é a curiosidade para saber se este motor permanece na parte de trás do carro (como nos tradicionais Fuscas originais e nos “Fuscas chineses”), ou no capô avolumando na frente.

O polêmico Ora Punk Cat ganhou os olhos do mundo (principalmente da Volkswagen) após ser patenteado na China e na Europa pela Great Wall Motor. O novo carro elétrico da empresa chinesa é visto como uma cópia do famoso Fusca, a ponto da fabricante alemã cogitar entrar na Justiça contra a inusitada rival asiática.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos