Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.541,95
    -1.079,62 (-1,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.524,45
    -537,16 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    106,05
    +0,29 (+0,27%)
     
  • OURO

    1.805,50
    -1,80 (-0,10%)
     
  • BTC-USD

    20.378,63
    +330,18 (+1,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    436,13
    +4,66 (+1,08%)
     
  • S&P500

    3.785,38
    -33,45 (-0,88%)
     
  • DOW JONES

    30.775,43
    -253,88 (-0,82%)
     
  • FTSE

    7.169,28
    -143,04 (-1,96%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    26.198,26
    -194,78 (-0,74%)
     
  • NASDAQ

    11.493,75
    -35,75 (-0,31%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4973
    -0,0083 (-0,15%)
     

Fusão que cria maior empresa de shoppings do Brasil é aprovada por acionistas

*Arquivo* SÃO PAULO, SP, 24.12.2014. Movimento de consumidores no shopping Villa-Lobos, na zona oeste da capital paulista, administrado pela brMalls. (Foto: Moacyr Lopes Junior/Folhapress)
*Arquivo* SÃO PAULO, SP, 24.12.2014. Movimento de consumidores no shopping Villa-Lobos, na zona oeste da capital paulista, administrado pela brMalls. (Foto: Moacyr Lopes Junior/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os acionistas da empresa de shopping centers brMalls aprovaram nesta quarta-feira (8) a fusão com a rival Aliansce, o que dará origem à maior administradora de shoppings do país.

O anúncio do acordo entre as empresas havia sido feito no último dia 29 de abril, mas ainda aguardava o aval dos acionistas.

Ambas as empresas, com ações em Bolsa, ainda não divulgaram fato relevante, como é comum neste tipo de operação. O documento será divulgado ainda nesta quarta-feira (8), após assembleia de acionistas da Aliansce, que ocorre neste momento, na qual o acordo também deve ser aprovado, segundo pessoas ouvidas pela Folha de S.Paulo.

O negócio prevê que as ações da brMalls sejam incorporadas pela Aliansce.

Entre os centros comerciais administrados pela brMalls estão os shoppings Metrô Santa Cruz, Jardim Sul, Villa-Lobos e Mooca Plaza Shopping, em São Paulo. Entre os administrados pela Aliansce estão o Parque D. Pedro e o Plaza Sul.

Após ter duas ofertas anteriores rejeitadas, a Aliansce tornou pública em março uma terceira proposta de combinação de negócios, que classificou como tendo uma "relação de troca mais favorável aos acionistas da brMalls".

Pela proposta, foram oferecidos aos acionistas da brMalls um pagamento em dinheiro no valor de R$ 1,25 bilhão, correspondente a R$ 1,50 por ação ordinária da brMalls, além de um pagamento com a entrega de 326,3 milhões de ações da Aliansce, representativas de 55,13% do capital social da companhia combinada.

Os shoppings foram um dos setores mais atingidos pela pandemia. Em 2020, ficaram o equivalente a oito meses fechados, contando os períodos de restrição. As novas ondas de contágio em 2021 também impactaram as operações. Em 2022, depois da alta da ômicron em janeiro, a pandemia parece sob controle.

Mas ainda há as pressões típicas de um ano eleitoral sobre a macroeconomia e indicadores econômicos ruins, como inflação, queda na renda e desemprego em alto patamar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos