Mercado abrirá em 7 h 36 min

Furacão Ian causa novo atraso na missão Artemis I

Agravamento da tempestade tropical em um furacão traz novo atraso para lançamento da Artemis I (Joe Burbank/Orlando Sentinel/Tribune News Service via Getty Images)
Agravamento da tempestade tropical em um furacão traz novo atraso para lançamento da Artemis I (Joe Burbank/Orlando Sentinel/Tribune News Service via Getty Images)
  • Artemis I tem sido atormentada por atrasos climáticos e problemas técnicos;

  • Presidente americano e governador da Flórida já declararam estado de emergência;

  • Foguete SLS será enviado de volta para o Edifício de Montagem de Veículos da NASA.

Na manhã desta segunda-feira (26), a NASA anunciou que conforme o furacão Ian se aproxima do estado americano da Flórida, a agência espacial iria adiar o lançamento da missão Artemis I. De acordo com os serviços meteorológicos da Força Espacial americana, a tempestade deve se intensificar rapidamente hoje, tornando-se um grande furacão conforme passa por Cuba.

Segundo ainda o Centro Nacional de Furacões americano, a “onda de tempestade com risco de vida, ventos com força de furacão e chuvas fortes” para o oeste da Flórida até o meio da semana. Tanto o presidente Joe Biden quanto o governador do estado, Ron DeSantis, declararam estado de emergência neste fim de semana.

Planejado para amanhã, o lançamento do foguete SLS (Space Launch System), que levaria a espaçonave Orion ao espaço para um voo não tripulado ao redor da Lua, foi cancelado ainda no sábado, conforme o que ainda era uma tempestade tropical se intensificou.

Agora a NASA optou por levar o foguete de volta ao Edifício de Montagem de Veículos, o que significa que a agência provavelmente desistiu de tentar decolar o foguete em um futuro próximo. Ainda não houve um pronunciamento oficial da agência se ela tentará lançar a espaçonave novamente no dia 2 de outubro, sua data reserva, mas todos os indícios apontam para que não.

O processo de transporte do foguete para o Edifício de Montagem leva vários dias, e representa um grande retrocesso nos esforços da Artemis I. Segundo especialistas, por conta disso o lançamento deverá acontecer somente em novembro.

Essa não é a primeira vez que Artemis I teve de ser adiada por problemas. Duas tentativas anteriores, no final de agosto e no início de setembro, foram canceladas por problemas técnicos nos dispositivos de segurança e no abastecimento do foguete.