Mercado fechará em 4 h 31 min
  • BOVESPA

    109.525,75
    +411,59 (+0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.278,95
    +470,39 (+1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,11
    +2,40 (+3,13%)
     
  • OURO

    1.641,90
    +8,50 (+0,52%)
     
  • BTC-USD

    20.153,79
    +1.069,91 (+5,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    460,59
    +1,45 (+0,32%)
     
  • S&P500

    3.664,36
    +9,32 (+0,25%)
     
  • DOW JONES

    29.286,82
    +26,01 (+0,09%)
     
  • FTSE

    7.032,96
    +12,01 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    17.860,31
    +5,17 (+0,03%)
     
  • NIKKEI

    26.571,87
    +140,32 (+0,53%)
     
  • NASDAQ

    11.445,75
    +129,50 (+1,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1437
    -0,0357 (-0,69%)
     

Fungos aumentam mortalidade entre pessoas hospitalizadas por covid-19

Em um estudo publicado na revista científica Nature Microbiology, especialistas descrevem que os fungos potencializaram a ação da covid-19 no planeta. Para se ter uma noção, entre os pacientes hospitalizados com a forma grave da doença e infectados pelo fungo Aspergillus fumigatus, a mortalidade chegou a 80%.

De acordo com o artigo científico, além da aspergilose, doença causada por fungos do gênero Aspergillus, dois outros grupos causam infecções simultâneas à covid-19. Enquanto os Mucorales são responsáveis pela mucormicose, ocorrida sobretudo na Índia e no Paquistão, as leveduras do gênero Candida causam a candidíase.

Os cientistas por trás do estudo explicam que a aspergilose atinge as vias aéreas superiores por muitos dias, mas pode ser contida com antifúngicos. Só que tem um problema: quando invade os vasos sanguíneos do pulmão, essa infecção atinge uma mortalidade maior do que 80%.

O estudo também faz um alerta para a mucormicose associada à covid-19, um problema que tem atingido principalmente a Índia: mais de 47,5 mil casos foram relatados apenas entre os meses de maio e agosto.

Fungos aumentam mortalidade entre pessoas hospitalizadas por covid-19 (Imagem: Wavebreakmedia/envato)
Fungos aumentam mortalidade entre pessoas hospitalizadas por covid-19 (Imagem: Wavebreakmedia/envato)

Outro alerta que o estudo faz é para o aquecimento do planeta, responsável por abrir caminho para que muitos fungos se adaptem às temperaturas mais altas. Como resultado, os seres humanos ficam mais vulneráveis.

A conclusão é que a comunidade científica precisa desenvolver urgentemente novos medicamentos que possam ser utilizados contra fungos. “Nesse cenário de aquecimento global, poucas drogas disponíveis e doenças que debilitam e causam epidemias e pandemias, novos surtos de infecções fúngicas voltarão a acontecer", alertam os autores do estudo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: