Mercado fechará em 2 h 59 min
  • BOVESPA

    118.018,87
    +821,05 (+0,70%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.332,12
    +486,29 (+1,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,16
    +0,40 (+0,46%)
     
  • OURO

    1.719,10
    -1,70 (-0,10%)
     
  • BTC-USD

    20.097,32
    -151,32 (-0,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    457,19
    -5,94 (-1,28%)
     
  • S&P500

    3.766,46
    -16,82 (-0,44%)
     
  • DOW JONES

    30.108,31
    -165,56 (-0,55%)
     
  • FTSE

    6.997,27
    -55,35 (-0,78%)
     
  • HANG SENG

    18.012,15
    -75,82 (-0,42%)
     
  • NIKKEI

    27.311,30
    +190,80 (+0,70%)
     
  • NASDAQ

    11.619,00
    -4,75 (-0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0922
    -0,0440 (-0,86%)
     

Funeral da Rainha Elizabeth 2ª é o mais caro da história

Funeral da rainha Elizabeth 2ª será o mais caro da história
Funeral da rainha Elizabeth 2ª será o mais caro da história
  • Os gastos com funerais anteriores fornecem uma estimativa do investimento esperado;

  • Essa é a primeira vez desde a morte de Winston Churchill em 1965 que será realizado um funeral de estado;

  • Foram gastos mais de R$ 32 milhões com o funeral da rainha-mãe em 2002.

Apesar do governo do Reino Unido ainda não ter divulgado o quanto custará o funeral da rainha Elizabeth II, os gastos com funerais anteriores fornecem uma estimativa do investimento esperado para a cerimônia de morte da monarca, que deve ser o maior da história da família real.

Essa é a primeira vez, desde a morte de Winston Churchill em 1965, que será realizado um funeral de estado, uma cerimônia reservada ao chefe de estado. Na ocasião da morte do ex-primeiro ministro britânico foram gastos cerca de R$ 15 milhões.

Leia também

Uma cerimônia com menos rigidez e honrarias conhecida como funeral cerimonial real, foi o adotado para rainha-mãe em 2002. Foram gastos mais de R$ 32 milhões com o funeral, com custos de policiamento no valor de 25,65 milhões e o estado de repouso chegando a quase R$ 5 milhões.

Como o Reino Unido declarou feriado nacional para o dia do funeral da Rainha Elizabeth II, analistas computam os custos da “não produção” econômica entre os gastos com a cerimônia. Um feriado bancário semelhante foi realizado durante o Jubileu de Platina da Rainha, em junho. O "dia perdido" causou um declínio na produção econômica estimado em 2,4 bilhões de libras (aproximadamente R$ 14 bilhões). No entanto, durante o Jubileu a perda foi compensada pelos público que gastou cerca de 6 bilhões de libras (R$ 32 bilhões) no Reino Unido durante os festejos.

Fora do Reino Unido, estima-se que o funeral do falecido presidente George HW Bush e cerimônias relacionadas em 2018 tenham custado aos contribuintes americanos pelo menos R$ 3 bilhões em perda de produtividade e salários para funcionários federais e outras despesas.