Mercado abrirá em 2 h 3 min
  • BOVESPA

    122.937,87
    +1.057,05 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.371,98
    +152,72 (+0,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,67
    +0,40 (+0,60%)
     
  • OURO

    1.868,70
    +1,10 (+0,06%)
     
  • BTC-USD

    45.392,37
    +862,50 (+1,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.260,33
    +62,41 (+5,21%)
     
  • S&P500

    4.163,29
    -10,56 (-0,25%)
     
  • DOW JONES

    34.327,79
    -54,34 (-0,16%)
     
  • FTSE

    7.064,00
    +31,15 (+0,44%)
     
  • HANG SENG

    28.593,81
    +399,72 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    28.406,84
    +582,01 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    13.395,75
    +92,25 (+0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4426
    +0,0327 (+0,51%)
     

Fundos de hedge vendem mais de US$ 100 bilhões em Treasuries

Stephen Spratt e John Ainger
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Fundos de hedge tiveram grande peso na onda vendedora de títulos do Tesouro dos Estados Unidos neste ano, com vendas acima US$ 100 bilhões dessas notas desde o início de janeiro, segundo dados sobre as posições.

No ranking global, as maiores vendas líquidas de dívida do governo dos EUA no acumulado de 2021 se concentraram no centro financeiro das Ilhas Cayman, conhecido como domicílio para contas alavancadas. Investidores dessa região venderam US$ 62 bilhões de títulos soberanos dos EUA em fevereiro, depois de liquidarem US$ 49 bilhões no mês anterior, segundo dados do Departamento do Tesouro.

O fluxo de vendas de janeiro e fevereiro também parece dar algumas pistas sobre o movimento recente dos preços. Os Treasuries subiram na quinta-feira, apesar de dados econômicos dos EUA mais fortes do que o esperado, e muitos participantes apontaram a demanda de curto prazo como motivo.

“De forma geral, hedge funds provavelmente estiveram muito envolvidos no movimento das taxas, mas não acho que estiveram sozinhos”, disse Richard Kelly, chefe de estratégia global do Toronto-Dominion Bank. “De maneira geral, o mercado montou algumas posições vendidas razoáveis em um período de tempo relativamente curto.”

Os rendimentos dos títulos de 10 anos dos EUA subiram mais de 60 pontos-base desde o final de dezembro. Entre os catalisadores para a tendência de baixa dos preços estiveram as vitórias democratas na corrida do segundo turno para o Senado da Geórgia, que abriu caminho para outra rodada de gastos de estímulo, e a campanha de vacinação contra o coronavírus. Os rendimentos dos títulos se movem na direção inversa dos preços.

O índice Macro Total da Hedge Fund Research, que rastreia gestores macro discricionários entre outros, subiu 0,2% em janeiro e registrou ganho de 2,8% em fevereiro.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.