Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +412,93 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,91
    -0,22 (-0,35%)
     
  • OURO

    1.777,10
    -3,10 (-0,17%)
     
  • BTC-USD

    56.996,05
    -3.135,77 (-5,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.294,13
    -97,58 (-7,01%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,67 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    29.287,53
    +317,82 (+1,10%)
     
  • NIKKEI

    29.748,10
    +64,73 (+0,22%)
     
  • NASDAQ

    14.031,00
    +1,50 (+0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6695
    -0,0166 (-0,25%)
     

Fundos CNIC e GIC negociam fatia em unidade da Three Gorges

Bloomberg News
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- CNIC e GIC estão entre os investidores em negociações com a China Three Gorges para investir na carteira de ativos da gigante chinesa no exterior, segundo pessoas a par do assunto.

O fundo estatal chinês CNIC e o fundo soberano de Cingapura GIC trabalham separadamente com consultores na possibilidade de comprar uma participação na unidade internacional da empresa de energia, disseram as pessoas, que não quiseram ser identificadas. Outro fundo estatal chinês também avalia um investimento, disse uma das pessoas.

A China Three Gorges poderia vender uma fatia de até 40% em sua carteira de ativos internacionais, disse a pessoa. A participação pode valer US$ 4 bilhões, segundo reportagem da Bloomberg News em julho.

As discussões entre as partes estão em andamento e podem não levar a uma venda, disseram as pessoas. Outros investidores também poderiam estar interessados, disseram. Um representante do GIC não quis comentar. Representantes da China Three Gorges e CNIC não responderam de imediato a pedidos de comentário.

A China Three Gorges tem comprado ativos no exterior na última década, embora também tenha recebido mais escrutínio fora do país. Em agosto, o Departamento de Defesa dos EUA incluiu a China Three Gorges em uma lista de empresas que teriam vínculos com militares chineses. Companhias de capital aberto na lista foram excluídas das bolsas dos EUA.

No entanto, a gigante estatal de energia continua a fechar acordos internacionais, apesar das maiores restrições, bem como a pandemia de coronavírus, que limita as viagens.

Em agosto, a empresa comprou os ativos de parques solares espanhóis da X-Elio Energy, com mais de 500 megawatts de capacidade. Também anunciou no mês passado que havia fechado um acordo para adquirir um portfólio de energia renovável de 400 megawatts na Espanha por 500 milhões de euros (US$ 603 milhões).

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.