Mercado fechará em 2 h 49 min

Fundo do YouTube de quase R$ 500 milhões vai apoiar artistas negros

Wagner Wakka

O YouTube está lançando um novo fundo de investimentos na ordem de US$ 100 milhões (quase R$ 500 milhões) para apoiar iniciativas que amplifiquem vozes de pessoas negras na plataforma. A CEO da rede social, Susan Wojcicki, publicou uma atualização de metas de meio de ano no blog da empresa e falou oficialmente sobre a proposta.

O YouTube vai destinar este montante para criar e projetar produções com artistas negros, os quais serão publicados na rede social pelo selo YouTube Original. “Um dos exemplos de conteúdo que gostaríamos de apoiar vai ao ar neste sábado, 13 de junho. Vamos apresentar uma live beneficente dentro do YouTube Originals, chamada Bear Witness, Take Action”, disse.

A apresentação vai contar com artistas, figuras públicas e ativistas para discussões e apresentações musicais com objetivo de levantar doações para instituições que apoiem a igualdade de justiça entre pessoas brancas e negras.

Ainda, segundo Wojcicki, em todo mês de junho, produções com destaque de pessoas negras e conteúdos relacionados a igualdade racial serão amplificados na aba “em alta”.

A companhia também apresentou alguns números de vídeos que foram derrubados por conter discurso de ódio e assédio. Segundo a CEO, somente no último trimestre, 100 mil vídeos e mais de 100 milhões de comentários foram retirados da rede social por conta disso. A empresa, contudo, não informa o que acontece com a conta de quem pratica estes tipos de ações.

Fonte: Canaltech