Mercado abrirá em 7 h 20 min
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,57
    +0,13 (+0,16%)
     
  • OURO

    1.775,60
    +9,90 (+0,56%)
     
  • BTC-USD

    62.666,01
    +547,38 (+0,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,63
    +13,00 (+0,90%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.203,83
    -30,20 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.708,52
    +298,77 (+1,18%)
     
  • NIKKEI

    29.217,66
    +192,20 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    15.289,00
    -1,50 (-0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4144
    +0,0229 (+0,36%)
     

Fundo do Uruguai capta US$ 100 mi para comprar terras agrícolas

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Um dos maiores investidores agrícolas do Uruguai aumentou a exposição ao setor com a aposta de que o rali de vários anos das commodities aumentará as receitas e os preços das propriedades.

Most Read from Bloomberg

Um fundo apoiado pela Agropecuaria del Litoral levantou US$ 100 milhões esta semana para comprar terras agrícolas no Uruguai, um grande produtor de carne bovina, leite, arroz e soja.

Os preços das commodities agrícolas e da pecuária desaceleraram recentemente, mas ainda estão perto das máximas nos últimos anos, pois economias em recuperação estimulam a demanda por alimentos em um momento de gargalos no transporte marítimo global. O Uruguai aproveita o boom, com as exportações de carne bovina e produtos florestais em alta de 55% e 45%, respectivamente, este ano. A Agropecuaria del Litoral espera que os preços continuem subindo, pois os valores das terras normalmente seguem as commodities.

“Este é um bom momento para investidores que pensam a longo prazo acumularem terras agrícolas de alta qualidade”, disse o CEO Ignacio Baglietto, em entrevista. “Os ciclos das commodities agrícolas geralmente duram 10 anos, em média.”

A empresa de Baglietto, que ficou com 5% da emissão, planeja comprar e administrar em nome do trust quase 12 mil hectares para agricultura, pecuária e silvicultura. A empresa já administra 15 mil hectares, incluindo cerca de 6 mil de propriedade de seu primeiro fundo, que captou US$ 50 milhões em 2018.

Os preços das terras no Uruguai dispararam de US$ 413 por hectare em 2001 para US$ 3,9 mil em 2014 com a rápida expansão da China e fluxo de investimentos da Argentina. Os preços médios no primeiro semestre estão abaixo do pico, mas os lotes mais produtivos valem mais de US$ 6 mil por hectare.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos