Mercado fechará em 4 h 52 min
  • BOVESPA

    99.204,98
    +251,08 (+0,25%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.263,38
    +520,23 (+1,09%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,33
    +1,90 (+1,75%)
     
  • OURO

    1.810,30
    +8,80 (+0,49%)
     
  • BTC-USD

    19.935,46
    +844,67 (+4,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    429,96
    +9,82 (+2,34%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,86 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.246,22
    +77,57 (+1,08%)
     
  • HANG SENG

    21.830,35
    -29,44 (-0,13%)
     
  • NIKKEI

    26.153,81
    +218,19 (+0,84%)
     
  • NASDAQ

    11.545,50
    -65,75 (-0,57%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5186
    -0,0401 (-0,72%)
     

Fundo de Bitcoin americano vira alvo de ataque especulativo

(Bloomberg) -- O primeiro fundo negociado em bolsa lastreado em contratos futuros de Bitcoin dos EUA virou alvo de apostas contra as criptomoedas.

As posições vendidas no ProShares Bitcoin Strategy ETF, de US$ 748 milhões, subiram para quase 11% do total de ações do fundo, maior nível desde sua criação em outubro de 2021, segundo dados da IHS Markit. O coeficiente entre opções de venda e de compra de ações do fundo também disparou desde meados de abril para níveis recordes.

Isso sugere que quem aposta contra as criptomoedas está migrando para o ProShares Bitcoin como forma de vender o token a descoberto enquanto aguardam o lançamento de ETFs de Bitcoin invertidos, que ganham quando o ativo digital cai.

Emissores como Direxion, ProShares e AXS já solicitaram registro para fundos que ofereceriam exposição vendida a contratos futuros de Bitcoin, mas nenhum foi lançado ainda. Enquanto isso, apostar contra o ProShares Bitcoin - o primeiro e maior ETF de derivativos de Bitcoin listados nos EUA - parece ser uma alternativa.

“É o primeiro, é maior e tem mais volume”, disse Athanasios Psarofagis, analista de ETFs da Bloomberg Intelligence. “Os outros meio que não deram certo.”

O ProShares já caiu cerca de 38% em 2022, refletindo uma queda na maior criptomoeda do mundo.

Todo o setor de ativos digitais foi abalado pelo aperto da política monetário do Federal Reserve. Com isso, o fundo é o terceiro ETF com pior desempenho deste ano nos EUA entre os fundos não alavancados, segundo dados da Bloomberg.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos