Mercado fechado
  • BOVESPA

    101.915,45
    -1.032,55 (-1,00%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.698,72
    -1.346,38 (-2,64%)
     
  • OURO

    1.774,20
    +0,60 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    57.326,65
    -339,98 (-0,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.468,80
    +0,87 (+0,06%)
     
  • S&P500

    4.567,00
    -88,27 (-1,90%)
     
  • DOW JONES

    34.483,72
    -652,22 (-1,86%)
     
  • FTSE

    7.059,45
    -231,75 (-3,18%)
     
  • HANG SENG

    23.475,26
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    27.823,84
    +2,08 (+0,01%)
     
  • NASDAQ

    16.214,00
    +63,50 (+0,39%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3866
    +0,0166 (+0,26%)
     

Fundador da Lojas Colombo morre aos 90 anos

·3 min de leitura

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O fundador da varejista de móveis e eletrodomésticos Lojas Colombo, Adelino Colombo, morreu nesta sexta-feira (15), aos 90 anos.

Fundada em 30 de novembro de 1959 em Farroupilha (RS), a rede é uma das mais tradicionais da região Sul do país. Com 305 lojas no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, e mais de 4.000 funcionários, a rede faturou R$ 1,7 bilhão em 2020, quando apresentou lucro líquido de R$ 231,7 milhões.

Há pouco mais de dez anos, a Lojas Colombo esteve no alvo do Magazine Luiza, que queria expandir sua rede física. Mas a empresa de Luiza Trajano acabou levando a Lojas Maia, com forte presença no Nordeste.

Segundo texto publicado no site da varejista, a vontade de trabalhar com vendas começou ainda na infância do empreendedor, quando vivia em Nova Milano, distrito serrano de Farroupilha.

"Terceiro de oito irmãos, Adelino sempre acompanhava a mãe nas compras realizadas no armazém de Seu Manoel e se encantava com a ideia de passar para o lado de lá do balcão. Numa dessas idas à venda, a matriarca dos Colombo assistiu à demissão de um funcionário e, no ato, ofereceu os préstimos do filho para substituí-lo", diz o texto.

Colombo tinha então 17 anos e, três anos depois, assumiu a gerência de uma filial do armazém. No final dos anos 1950, comprou o estabelecimento e o transformou no Armazém Colombo. Como Farroupilha ainda não tinha uma loja de eletrodomésticos, ele diversificou o mix com liquidificadores, geladeiras, máquinas de escrever e outros aparelhos vindos de Porto Alegre e São Paulo.

Em 1959, com o primo Dyonisio Balthassar Maggioni, que montava rádios, abriu a Lojas Colombo, para vender e prestar assistência técnica a eletrodomésticos.

Ele também criou uma financeira, a Crediare, e um varejo de motocicletas, a Colombo Motors. Por três vezes, o empresário tentou colocar executivos de fora da família para comandar a rede. No entanto, as tentativas fracassaram, e Colombo sempre voltou a assumir os negócios. Em 2018, a filha de Colombo, Gissela Franke Colombo Berlaver, assumiu a presidência da rede.

As operações de toda a rede foram suspensas nesta sexta, conforme comunicado gravado no serviço 0800 da empresa:

"Prezado cliente, informamos com pesar que, por motivo de falecimento do nosso presidente, Adelino Colombo, todos os nossos canais de atendimento e lojas estarão fechados no dia de hoje, em respeito ao momento. Voltaremos amanhã com nosso atendimento normal. Obrigada pela compreensão".

A ABBC (Associação Brasileira de Bancos) divulgou nota de pesar pelo falecimento. "Adelino foi um grande empreendedor e líder. Seu legado, construído há mais de 60 anos, as Lojas Colombo é, atualmente, a maior rede de eletromóveis da região Sul", informou, em nota.

Segundo o jornal Zero Hora, o empresário estava internado há uma semana no hospital São Francisco, da Santa Casa de Porto Alegre, e a causa da morte foi a falência múltipla de órgãos. Ele deixou a esposa Ruth, com quem teve quatro filhos, dez netos e dois bisnetos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos