Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,17 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,14 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.865,90
    -50,40 (-2,63%)
     
  • BTC-USD

    23.417,92
    -251,41 (-1,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,93 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5385
    +0,0488 (+0,89%)
     

Fundador da Cardano é criticado por 'roubar' NFT

Charles Hoskinson
Charles Hoskinson

Charles Hoskinson, fundador da Cardano, mudou sua foto de perfil nesta terça-feira (3) para um NFT, mas foi rapidamente repreendido pela comunidade. O motivo? Hoskinson não comprou tal NFT, apenas “salvou a imagem” e começou a utilizá-la como foto de perfil.

“Vou levar esse! Muito obrigado. Vai ficar muito bom com o meu projeto que sairá muito em breve!”, comentou o usuário Todd Breen, que acabou aproveitando a oportunidade de exposição para adquirir tal NFT.

Para quem ignora os NFTs, a mensagem que fica é que eles são inúteis. Afinal, ninguém parece precisar de autorização para utilizar uma imagem, não fazendo nenhum sentido que a mesma possua algum valor.

Hoskinson é criticado por usar NFT em seu perfil

Durante a explosão dos NFTs, muitas piadas surgiram na internet. Um usuário chegou a piratear todos NFTs do Ethereum e disponibilizá-los para download. Já uma mulher virou piada após roubar NFTs ao salvar tais imagens em seu computador.

No caso de hoje, Charles Hoskinson fez o mesmo. Segundo denúncias, o fundador da Cardano teria “roubado” um NFT ao clicar com o botão direito, salvar a imagem e então utilizá-la como foto de perfil no Twitter.

“Estou tão confuso agora! Então Charles Hoskinson realmente clicou com o botão direito e salvou o NFT de outra pessoa?” escreveu um usuário, denunciando o 'crime'. “Você acha que isso é bullish, ele está enviando algum tipo de mensagem, ou ele realmente quer possuir aquela peça?”

Em resposta, Hoskinson afirmou que tanto o artista quanto o verdadeiro dono do NFT não se importam com isso, apontando que tal arte deve se valorizar devido a este marketing.

“Gostei da foto, então a usei como minha foto de perfil. O artista e proprietário do NFT não se importa, pois aumentou o valor de seu trabalho e produto tendo uma associação histórica comigo. Recebo uma foto de perfil legal por um tempo. Chama-se economia. Muito legal não é?”

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

NFT, faz sentido?

Seguindo o pensamento de Hoskinson, então Neymar não precisaria ter investido R$ 800 mil para comprar um NFT para exibi-lo em suas redes sociais. Afinal, apenas o fato de estar usando-o, já seria suficiente para mexer na economia.

Outro ponto que manchou a indústria foi a queda da FTX. Segundo informações, todos NFTs cunhados na corretora sumiram após seu site ser retirado do ar.

“A FTX hospedou todos os NFTs cunhados em sua plataforma usando uma API web2 e agora todos esses NFTs tem metadados quebrados e os links vão para um site de reestruturação.”

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Sendo assim, é difícil acreditar que o mercado de NFTs se mantenha por muito tempo. Ou seja, o setor precisará se reinventar caso não queira continuar sendo ridicularizado.

Fonte: Livecoins

Veja mais notícias sobre Bitcoin. Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.