Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.451,20
    +74,85 (+0,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.442,21
    +436,10 (+0,97%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,73
    -0,42 (-0,51%)
     
  • OURO

    1.666,10
    -3,90 (-0,23%)
     
  • BTC-USD

    19.544,38
    +501,94 (+2,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    447,10
    +18,32 (+4,27%)
     
  • S&P500

    3.719,04
    +71,75 (+1,97%)
     
  • DOW JONES

    29.683,74
    +548,75 (+1,88%)
     
  • FTSE

    7.005,39
    +20,80 (+0,30%)
     
  • HANG SENG

    17.250,88
    -609,43 (-3,41%)
     
  • NIKKEI

    26.173,98
    -397,89 (-1,50%)
     
  • NASDAQ

    11.556,25
    +0,50 (+0,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2269
    +0,0670 (+1,30%)
     

Funcionários do Twitter estão tensos com Musk, revela áudio

Elon Musk
Reunião foi comandada pelo CEO Parag Agrawal e o presidente do conselho, Bret Taylor
(AP Photo/Ringo H.W. Chiu, File)
  • Primeira reunião no Twitter após compra de Musk foi repleta de tensão e dúvidas;

  • Áudio foi vazado por grupo conservador banido, no ano passado, da plataforma;

  • Encontro teve como objetivo acalmar os ânimos dos funcionários e dar pistas sobre o futuro da empresa

A primeira reunião geral no Twitter depois que o bilionário Elon Musk adquiriu a plataforma por US$ 44 bilhões foi regada de tensão e dúvidas. O encontro, comandado pelo CEO Parag Agrawal e o presidente do conselho, Bret Taylor, teve como objetivo dar pistas sobre o futuro da companhia e permitir que os gerentes acalmem os ânimos dos funcionários.

Os detalhes foram divulgados em áudio vazado pelo grupo conservador Project Veritas, banido da rede no ano passado por promover desinformação e expor opositores. Em 45 minutos, os executivos confirmaram que o momento é intenso e de incertezas.

"É importante reconhecer que todos aqui temos muitos sentimentos diferentes sobre o que está acontecendo. Muitos de vocês estão preocupados, alguns de vocês empolgados, muitas pessoas aqui estão esperando para compreender como isso vai acontecer e têm uma mente aberta", afirmou Agrawal. O CEO assumiu a posição no final de 2021, quando substituiu o cofundador Jack Dorsey.

Ainda assim, ele garantiu que, pelo menos por enquanto, o trabalho no Twitter continuará como antes, "tomando decisões como sempre fizemos, guiados pelos mesmos princípios que temos, o que não significa que as coisas não vão mudar".

Equipe ainda não conhece Musk

Na reunião, os executivos disseram que estão trabalhando para organizar uma reunião entre o novo dono da empresa e os funcionários o quanto antes. Dessa forma, as maiores dúvidas poderão ser tiradas com a pessoa certa, especialmente no que diz respeito a moderação e gestão de contas no Twitter.

O tema chama bastante a atenção por conta das declarações de Musk sobre ampliar a liberdade de expressão na plataforma. Algumas reportagens, inclusive, mostraram que os funcionários temem o retorno de contas banidas.

Justamente por diversas decisões caberem agora ao bilionário, a reunião não conseguiu esclarecer na totalidade as questões feitas pelos funcionários durante a sessão de perguntas e respostas.