Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    20.971,55
    +58,76 (+0,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

Funcionários da SpaceX criticam Elon Musk em carta aberta e são demitidos

Funcionários da SpaceX divulgaram nesta quinta-feria (15) uma carta aberta criticando Elon Musk, dono da empresa, por seu comportamento constrangedor nas redes sociais e as recentes alegações de assédio sexual envolvendo seu nome. Os redatores do documento foram demitidos no dia seguinte.

A carta, obtida pelo site The Verge, descreve como as ações de Musk têm afetado negativamente a reputação da empresa. O documento foi divulgado em um canal interno da SpaceX no Microsoft Teams e afirma que funcionários de todos os gêneros, etnia, idade e funções participaram da criação do texto.

Os funcionários estariam se sentindo constrangidos pela conduta pública de Elon Musk (Imagem: Reprodução/Reprodução/NBC News)
Os funcionários estariam se sentindo constrangidos pela conduta pública de Elon Musk (Imagem: Reprodução/Reprodução/NBC News)

O documento acrescenta que o comportamento de Musk na esfera pública é uma fonte frequente de distração e constrangimento; e que ele é visto como o rosto da SpaceX, portanto, “cada Tweet que Elon envia é uma declaração pública de fato da empresa”.

O texto aponta que as mensagens de Musk não refletem o trabalho, missão ou valores das equipes e grupos de talento da empresa. Por exemplo, em abril Musk publicou, em seu Twitter, uma imagem de Bill Gates e um emoji de um homem “grávido”, dizendo: “caso você precise perder uma ereção rapidamente”.

Ainda de acordo com o The Verge, a carta aberta, endereçada à Gwynne Shotwell, presidente da SpaceX, foi compartilhada em um no grupo interno com mais de 2.600 funcionários, dizendo que a empresa não tem cumprindo com sua política de “sem babacas” (no assholes) ou de tolerância zero ao assédio sexual.

Resposta imediata à carta

No dia seguinte à carta, a SpaceX demitiu os funcionários que a redigiram (Imagem: Reprodução/Domínio Público)
No dia seguinte à carta, a SpaceX demitiu os funcionários que a redigiram (Imagem: Reprodução/Domínio Público)

O número de assinaturas ou os nomes dos redatores da carta não foram informados e as fontes pediram anonimato. Mas a SpaceX não demorou para responder ao documento. Na tarde desta quinta-feira (16), vários redatores da carta foram demitidos, segundo e-mail enviado pela presidente Shotwell, publicado no The New York Times.

Ela diz que a carta e as solicitações deixaram os funcionários desconfortáveis, intimidados a assinar um documento que não os refletia. Shotwell também definiu o movimento da carta aberta como um “tipo de ativismo exagerado”, embora a SpaceX tenha muito “trabalho crítico a realizar”.

Um dos redatores da carta, que não quis divulgar sua identidade, disse que o sentimento geral dos funcionários é que o e-mail da presidente é "fora do tom". Segundo este funcionário, a carta foi resultado de mais de um mês de trabalho árduo para garantir o retorno da maior quantidade de feedback interno possível.

Não é a primeira vez que Shotwell toma ação imediata para defender Musk. Há quase um mês, o Insider alegou que a SpaceX pagou um acordo de US$ 250.000 a uma ex-funcionária, após ela ter acusado Musk de assédio sexual — ele negou. Shotwell, no entanto, defendeu o dono da empresa dizendo que ele “nunca conduziria ou toleraria esse suposto comportamento inapropriado”.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos