Mercado fechado

Funcionário da CSN é diagnosticado com novo coronavírus

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um funcionário da CSN (Companhia Siderúrgica Nacional) que trabalha em São Paulo, na unidade da avenida Faria Lima, foi diagnosticado com o novo coronavírus.

Em comunicado interno, a empresa diz que o funcionário está bem de saúde e que os sintomas equivalem aos de um resfriado leve.

A CSN pediu aos demais funcionário que sigam as recomendações de higiene do Ministério da Saúde.

"Lembramos que não há motivo para mais preocupações, bastando estarmos atentos para sintomas como febre, tosse ou resfriado, assim como dificuldade para respirar", informa a companhia.

Procurada, a CSN ainda não respondeu.

O Brasil já registra 34 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus. Os dados, divulgados nesta terça-feira (10), são de plataforma criada pelo Ministério da Saúde.

Até esta segunda (9), eram 25 casos no país. Entre as novas confirmações, cinco ocorreram no Rio de Janeiro, três em São Paulo e uma no Rio Grande do Sul.