Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.301,47
    +470,85 (+2,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

Fujifilm lança câmera X-H2S para captura de fotos em alta velocidade

Em evento realizado nesta terça-feira (31), a Fujifilm apresentou sua nova câmera mirrorless. O modelo X-H2S vem para substituir a X-H1, e traz melhorias voltadas para a velocidade de captura das fotos, entre diversos outros aspectos.

Câmera é capaz de capturar fotos em alta velocidade (Imagem: Divulgação/Fujifilm)
Câmera é capaz de capturar fotos em alta velocidade (Imagem: Divulgação/Fujifilm)

Com uma construção mais próxima de modelos DSLR, ela dispensa comandos físicos mais clássicos para velocidade de obturador e ISO. No lugar, aparece um botão rotativo PSAM mais moderno.

O sensor ASP-C da câmera não tem uma resolução tão impressionante, já que se trata de um componente de 26 MP — para efeito de comparação, o modelo anterior tinha 24 MP. Entretanto, essa característica foi pensada em prol de uma velocidade mais alta de captura, algo que também é otimizada por meio de sua construção em formato empilhado, que permite leituras mais rápidas.

Por isso, a X-H2S é capaz de tirar fotos a 40 quadros por segundo (fps) por meio de seu obturador eletrônico, enquanto mantém o rastreamento para foco automático. Também é possível utilizar o obturador mecânico, mas neste caso a velocidade é limitada a 15 fps.

O processamento das imagens também precisa acontecer com uma performance avançada, e por isso a câmera tem um novo chip X Processor de quinta geração. Ele opera em frequências de 1 GHz, com um subprocessador a 600 MHz exclusivo para lidar com o sistema de estabilização em cinco eixos — o modelo anterior tinha apenas um módulo principal a 608 MHz para todas as tarefas.

De acordo com informações divulgadas pela Fujifilm, a câmera é capaz de realizar três vezes mais cálculos de foco automático, em comparação com o modelo X-T4 da própria empresa. A tecnologia de Deep Learning AI é capaz de identificar elementos como rostos, olhos, pássaros e outros animais, veículos, bicicletas, aviões e trens.

Visor da X-H2S tem construção articulável (Imagem: Divulgação/Fujifilm)
Visor da X-H2S tem construção articulável (Imagem: Divulgação/Fujifilm)

A X-H2S também é voltada para gravação de vídeos: é possível fazer capturas em 6K a 30 fps, 4K a 120 fps e 1080p a 240 fps — essas resoluções e taxa de quadros também estão disponíveis em formato Apple ProRes.

Vloggers poderão se beneficiar do display articulável com tela LCD de 1,62 milhão de pontos, enquanto o visor interno EVF tem campo de visão 0,8x e 5,76 milhões de pontos. Há ainda portas 3,5 mm para microfone e retorno de áudio, assim como uma USB-C para transferência de arquivos ou conexão para uso como webcam sem a necessidade de software adicional.

O armazenamento pode ser feito por meio de cartão CFexpress tipo B, mas também há um leitor de SDXC UHS-II mais tradicional. Entretanto, vídeos em RAW só podem ser gravados externamente por meio de HDMI 2.1 e programas como o ProRes RAW ou Blackmagic RAW.

Apresentação da Fujifilm também inclui lentes e solução de resfriamento

Solução de resfriamento é acoplada na parte traseira (Imagem: Divulgação/Fujifilm)
Solução de resfriamento é acoplada na parte traseira (Imagem: Divulgação/Fujifilm)

Além da câmera X-H2S, a Fujifilm também aproveitou para mostrar acessórios e outros itens relacionados. O primeiro deles é uma ventoinha externa, que pode ser acoplada na parte traseira do produto — com a exceção de marcas específicas para acessórios, é a primeira vez que uma empresa oferece esse tipo de solução separada, mas ventiladores internos em câmeras de vídeo são relativamente comuns.

As especificações da câmera incluem até 240 minutos de gravações em 4K 60 fps, a uma temperatura ambiente de 25 graus. Entretanto, em situações mais críticas com temperatura ambiente de 40 graus, esse tempo é cortado para 20 minutos — valor que pode ser ampliado para 50 minutos com a ventoinha separada.

Duas novas lentes foram lançadas pela marca: a primeira delas é a super telefoto XF 150-600mm f/5.6-8 R LM OIS WR com distância focal equivalente a 229 a 914 mm em full-frame. A outra é a XF 18-120mm f/4 LM PZ WR, que se destaca pelo alto controle de zoom e foco com transições mais suaves — para o futuro, a Fujifilm anunciou que apresentará mais três lentes: uma XF 56mm f/1.2 II, outra XF 30mm f/2.8 Macro e ainda a XF 8mm f/3.5.

São duas novas lentes, e mais três estão a caminho (Imagem: Divulgação/Fujifilm)
São duas novas lentes, e mais três estão a caminho (Imagem: Divulgação/Fujifilm)

Ademais, a marca também apresentou dois punhos verticais: um mais tradicional e outro com recursos avançados de conexão sem fio e porta Ethernet para cabos de rede.

A Fujifilm também soltou um teaser da câmera X-H2 (sem o “S”), que será lançada em setembro. Ela terá maior foco em qualidade de imagem com um sensor de 40 MP, mas outros detalhes técnicos do produto permanecem desconhecidos — é bastante provável que ela tenha muitos aspectos em comum com a X-H2S.

Preços e disponibilidade

  • Câmera X-H2S (sem lente): disponível a partir de julho por 2.499 dólares (cerca de R$ 11.862 em conversão direta)

  • Lente XF 150-600mm f/5.6-8 R LM OIS WR: disponível a partir de setembro por 1.999 dólares (~R$ 9.489)

  • Lente XF 18-120mm f/4 LM PZ WR: disponível a partir de setembro por 899 dólares (~R$ 4.267)

  • Ventilador externo: disponível a partir de julho por 199 dólares (~R$ 944)

  • Punho vertical: disponível a partir de julho por 399 dólares (~R$ 1.894)

  • Punho vertical com conexões aprimoradas: disponível a partir de setembro por 999 dólares (~R$ 4.742)

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos