Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    36.021,82
    -447,76 (-1,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Fuchsia: sistema operacional do Google fará sua estreia no Nest Hub

·2 minuto de leitura
Fuchsia: sistema operacional do Google fará sua estreia no Nest Hub
Fuchsia: sistema operacional do Google fará sua estreia no Nest Hub

Após quase cinco anos em desenvolvimento o Fuchsia, novo sistema operacional do Google, finalmente chegará ao “grande público”. Segundo o site XDA Developers, o primeiro aparelho a receber o software será o Nest Hub de primeira geração.

O “smart speaker” foi lançado em 2018 e atualmente roda um sistema próprio baseado em Linux chamado Cast OS. Embora a atualização represente uma completa reorganização interna do software, para o usuário nada vai mudar. Nem na interface do aparelho, nem em seus recursos.

Outros sistemas operacionais do Google, como o Android e Chrome OS, são baseados no Linux. Mas o Fuchsia é algo completamente novo, baseado em um microkernel chamado Zircon. Segundo o Google, trata-se de um sistema operacional “que prioriza a segurança, capacidade de atualização e desempenho”.

Leia mais:

Análise do código-fonte mostra que ele está sendo projetado para rodar em uma imensa variedade de dispositivos, de pequenos sensores e aparelhos conectados à “internet das coisas” até PCs desktop. Em 2018, um guia do Google mostrava como instalar e rodar o Fuchsia em um Pixelbook ou Intel NUC.

Apesar do lançamento no Nest Hub, o site oficial do Fuchsia frisa que ele é um produto “em desenvolvimento”, que “irá mudar com o tempo para atender às necessidades em constante evolução dos desenvolvedores, fabricantes e consumidores”.

Android 12 a caminho

Além do Fuchsia, o Google continua atualizando seus outros sistemas operacionais. Durante o evento Google I/O 2021, que ocorreu na semana passada, a empresa demonstrou o Android 12, próxima versão de seu sistema para smartphones e tablets, que deve ser lançado entre setembro e outubro deste ano.

Aparelhos rodando o Android 12
Um pouco da nova interface no Android 12 Beta. Imagem: Google

Do ponto de vista do usuário, a principal mudança é a nova interface, baseada em uma linguagem de design chamada “Material U”. Elementos na tela são mais arredondados, e um sistema de extração de cores cria temas para seu smartphone com base no papel de parede que você a definiu para a tela inicial.

O sistema também facilitará o uso de lojas de aplicativos de terceiros, além da loja oficial Google Play, e terá mudanças no sistema de widgets, que se tornarão mais poderosos. A primeira versão Beta do Android 12 já está disponível para download.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos