Mercado abrirá em 2 h 34 min
  • BOVESPA

    108.232,74
    +1.308,56 (+1,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.563,98
    +984,08 (+1,98%)
     
  • PETROLEO CRU

    114,96
    +0,76 (+0,67%)
     
  • OURO

    1.825,90
    +11,90 (+0,66%)
     
  • BTC-USD

    30.545,92
    +681,03 (+2,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    685,70
    +443,02 (+182,56%)
     
  • S&P500

    4.008,01
    -15,88 (-0,39%)
     
  • DOW JONES

    32.223,42
    +26,76 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.534,67
    +69,87 (+0,94%)
     
  • HANG SENG

    20.602,52
    +652,31 (+3,27%)
     
  • NIKKEI

    26.659,75
    +112,70 (+0,42%)
     
  • NASDAQ

    12.512,50
    +267,75 (+2,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2997
    +0,0192 (+0,36%)
     

Frente a aumento no volume de encomendas, Correios congelam os preços

·2 min de leitura
  • Estatal irá ainda reduzir seus preços em 420 cidades brasileiras;

  • Objetivo seria aumentar a fatia do mercado da empresa;

  • Empresa anunciou lucro recorde em 2021.

O ano de 2021 foi um bom ano para os Correios. A estatal relatou um aumento de 40% no volume de encomendas em relação a 2020.

O que não aumentará, segundo a estatal, serão seus preços de entrega de encomendas, como PAC e Sedex. Pelo contrário, os Correios decidiram inclusive diminuir seus valores em 420 municípios brasileiros. A redução entrará em vigor a partir do dia 31 deste mês.

A medida é uma estratégia para aumentar a fatia de mercado da estatal.

Leia também:

Com a inflação marcando 10,16%, de acordo com o INPC, muitas empresas de transporte de encomendas devem realizar aumentos para cobrir seus custos.

Um funcionário da estatal, que preferiu se manter anônimo, comentou: "Enquanto empresas privadas reajustam preços por causa da inflação, os Correios reduzem o preço para ganhar mercado e aumentar a concorrência, melhorando a vida dos brasileiros".

Em comunicado oficial, Floriano Peixoto, presidente dos Correios, afirmou que o congelamento dos preços é uma forma da estatal de ajudar com a retomada econômica.

“Nesse momento de recuperação econômica, é importante dar apoio às atividades de quem quer produzir, gerar valor, principalmente os micros e pequenos empreendedores que atuam no comércio eletrônico”. disse.

Empresa tem lucro recorde em 2021

O aumento no volume de 40% na entrega de encomendas não se deu somente pela elevação do número de pedidos online, causados pela pandemia.

É resultado de uma série de medidas, como a redução no tempo de entrega nos principais trechos do país, a criação de novos produtos específicos para o e-commerce e a diversificação dos canais de atendimento.

Graças a isso, a estatal anunciou que em 2021 foi alcançado um lucro recorde, que será divulgado em breve.

“a empresa espera, com as medidas anunciadas, permanecer como a maior parceira do e-commerce nacional, bem como importante incentivadora do crescimento da economia brasileira", disse Floriano Peixoto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos