Mercado abrirá em 50 mins
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,32
    +0,41 (+0,58%)
     
  • OURO

    1.855,40
    -24,20 (-1,29%)
     
  • BTC-USD

    39.147,32
    +3.033,78 (+8,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    973,97
    +32,16 (+3,41%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.146,56
    +12,50 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.037,50
    +43,25 (+0,31%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1820
    -0,0106 (-0,17%)
     

Fred se torna o terceiro jogador brasileiro com mais gols na história da Libertadores

·1 minuto de leitura


Artilheiro do Fluminense na temporada, o atacante Fred se tornou, nesta quarta-feira, o terceiro maior goleador brasileiro da Libertadores de todos os tempos. Ele se iguala a Célio (ex-Vasco e Nacional-URU, clube pelo qual marcou todos os seus gols no torneio), com 22 gols marcados. O feito foi alcançado com o gol na vitória por 2 a 1, contra o Independiente Santa Fe, nesta quarta, no Maracanã. No segundo tempo, Fred foi substituído por Roger Machado.

Só neste ano, ele já deixou para trás nomes como Jairzinho (21 gols), Guilherme e Ricardo Oliveira (ambos com 19 gols). Fred vem colecionando marcas importantes ao longo de sua segunda passagem pelo Flu. Ele se tornou o segundo maior artilheiro da história do clube, agora com 186 gols, e também chegou às 400 redes balançadas durante a carreira.

Veja como ficou a tabela da Libertadores

Com média de um gol por jogo (quatro gols em quatro jogos) na atual edição da competição continental, Fred pode até mirar o segundo lugar da lista, ocupado por Palhinha, que anotou 25 gols. O líder do ranking é Luizão, com 29.

- Não tenho isso como meta, não fico pensando. O objetivo único é vencer os jogos e depois fazer os gols, esse é meu dever como atacante. E eu espero fazer o máximo de gols que puder para ajudar o Fluminense, e tomara que na quarta-feira possam sair muitos para todo mundo ficar feliz. As marcas são consequência do trabalho e se elas vierem será muito bacana. Mas a prioridade não é essa - disse o atacante ao site oficial do Flu antes da partida.