Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,51 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.126,51
    +442,96 (+0,99%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,90
    +0,13 (+0,25%)
     
  • OURO

    1.854,10
    -1,10 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    32.533,24
    -914,01 (-2,73%)
     
  • CMC Crypto 200

    653,79
    -23,11 (-3,41%)
     
  • S&P500

    3.855,36
    +13,89 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    30.960,00
    -36,98 (-0,12%)
     
  • FTSE

    6.638,85
    -56,22 (-0,84%)
     
  • HANG SENG

    30.159,01
    +711,16 (+2,41%)
     
  • NIKKEI

    28.822,29
    +190,84 (+0,67%)
     
  • NASDAQ

    13.472,50
    -3,00 (-0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6362
    -0,0158 (-0,24%)
     

Fred preocupa Fluminense após torção no tornozelo, e Odair tem problemas com poder de fogo

Extra
·1 minuto de leitura
Foto: Lucas Merçon / Fluminense

O Fluminense saiu derrotado pelo placar de 2 a 0 diante do Palmeiras, no Allianz Parque, e perdeu o atacante Fred, que sofreu uma torção no tornozelo direito e precisou ficar fora do jogo. O atacante vai ser reavaliado e pode ser dúvida para os próximos jogos. A situação preocupa ao técnico Odair Hellmann, que reclamou da falta de poder de fogo da equipe.

— Criamos oportunidades de chutes, que não acertamos. Finalizamos um número bastante grande, mas pouco direcionado. Parece que não construímos, mas o que teve foi dificuldade de traduzir em situações perigosas em gols — declarou Odair, que vê a sua equipe em 8º lugar.

Fred sentiu dores no tornozelo durante o aquecimento no Allianz Parque após ter um encontrão com Luccas Claro. Ele foi substituído por Felippe Cardoso entre os titulares. Após a derrota por 2 a 0, no Allianz Parque, o técnico avaliou o peso da ausência do camisa 9 e justificou a opção para o seu lugar.

— Essa situação quando acontece com alguém que vai iniciar, como aconteceu com o Fred, sempre mexe no contexto. Infelizmente não dava para ele iniciar. Coloquei o Felippe (Cardoso) para ter imposição de pivô, movimentação ali na frente para que conseguisse volume ofensivo. Foi o que aconteceu no primeiro tempo, tivemos um bom primeiro tempo — comentou.