Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,31 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -908,97 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,83
    -0,72 (-0,84%)
     
  • OURO

    1.836,10
    -6,50 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    35.274,22
    -128,44 (-0,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    870,86
    +628,18 (+258,85%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,02 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.965,55
    +13,20 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,67 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.411,00
    -430,00 (-2,90%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1900
    +0,0599 (+0,98%)
     

França registra maior número diário de casos de Covid-19 desde abril

·1 min de leitura
Luzes de Natal em Paris

PARIS (Reuters) - A França registrou 47.177 novos casos confirmados de Covid-19 nas últimas 24 horas, mostraram dados do Ministério da Saúde do país nesta terça-feira. É o maior número de casos registrado em apenas um dia desde o início de abril, no auge da terceira onda da pandemia.

Os últimos dados colocam o total acumulado de casos na França desde o início da pandemia em 7,67 milhões e a média móvel semanal de novas infecções pelo coronavírus para acima de 32 mil.

Durante a terceira onda europeia, na primavera do hemisfério norte, a média semanal cresceu para pouco mais de 42 mil. No dia 8 de abril, a França registrou quase 85 mil infecções.

Autoridades dizem que a vasta maioria de pacientes da Covid-19 em hospitais não foi vacinada. Cerca de 75% da população francesa está totalmente vacinada.

O Ministério da Saúde também reportou que o número de pessoas infectadas pelo coronavírus em hospitais franceses cresceu em 389, para 10.249 na terça-feira. É a primeira vez que o número de pacientes fica acima de 10 mil desde o dia 12 de setembro.

O número de pacientes com Covid-19 em unidades de tratamento intensivo continuou crescendo com frequência e aumentou 75, para 1.824, um aumento de 25% em apenas uma semana.

O número acumulado de mortos desde o início da pandemia em 2020 estava em 119 mil pessoas na segunda-feira.

(Reportagem de Sophie Louet)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos